Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de 2012

Indian Ocean Triathlon - Triathlon des copines

Apesar de tarde e a más horas (a prova conforme a data de publicação foi em Novembro e só agora em Janeiro é que actualizo finalmente o blog), vou postar um pequeno relato da minha primeira "espécie" de prova internacional...

Com o CC a participar no Indian Ocean Triathlon, no maravilhoso cenário de Le Morne, nas Maurícias, eu facilmente desafiada para participar no Triathlon des copines, uma espécie de prova para envolver no ambiente da prova as acompanhantes dos atletas.

Este ano eramos poucas, mas eu ia com vontade de ganhar aquilo, apesar de ainda estar a recuperar de uma violenta contratura na cervical... Logo à partida percebi que o duelo ia ser entre mim e a alemã, eramos as únicas "com vontade".

Quando eu disse que era uma "espécie" de prova, é porque era mesmo uma "espécie" de prova. Então porquê? Porque nadávamos e esperávamos que tivessemos todas para arrancar de bike, percurso este guiado e com andamento controlado, só a corrida seri…

Duatlo Festival Bike

A prova deste domingo era a última da época, um duatlo btt para fechar o campeonato XTerra.

Eu e o CC rumámos a Santarém para fazer, pela primeira vez este ano, uma prova em conjunto, mas obviamente com objectivos muito diferentes, está claro.

Estávamos a chegar ao Parque de Transição e começa a cair uma chuvada, não era um início auspicioso, mas afinal foi só ameaça porque o tempo depois estabilizou, de qualquer forma, o terreno ficou um bocadinho ainda mais ensopado e lamacento!

Voltámos ao carro para comer, deixar a roupa e fazer um primeiro aquecimento de corrida. Daí novamente para a zona da prova. Continuamos o aquecimento no percurso de corrida à laia de reconhecimento e para não arrefecer.

A partida estava próxima, toca a alinhar. PARTIDA! Toca a correr... começo logo a perder terreno aos poucos, a tal da falta de treino de corrida que já vai em 3 semanas arruma-me na cauda do pelotão. Sinto novamente a bela da dor de burro, desta vez bem mais cedo que na Corrida do Sporting. …

Corrida do Sporting

Como tinha planeado desde a corrida do ano passado em que eu estava gravidíssima, este ano, lá estava eu pronta para correr os 10kms da Corrida do Sporting!

Pronta, pronta, não é bem o termo, porque nas últimas duas semanas, a não ser na véspera do Triatlo de Lisboa e no dito, não corri mais nenhuma vez.... isto de ser mamã tem destas coisas (ah, e a sacana da sinusite que me tem atormentado os dias).

Mas lá fui eu, toda lampeira, para a zona de início da corrida, ainda encontrei alguns conhecidos, mas decidi entrar para a minha "manga" e fiquei sozinha no meio daquele mar de gente.

Deu-se a partida, comecei a correr rapidamente, seguindo aquela multidão que arrancou a grande fôlego. Senti-me bem, mas também percebi cedo que não ia permanecer a correr naquele ritmo, já que acabei por ficar perto do marcador dos sub-40... mas lá ia eu, no meu ritmo de conforto, sem puxar em demasia, a ver a "festa" :-)

Quando saio do túnel do Campo Pequeno já aí vinham os primeiros.…

Triatlo de Lisboa

Estava tudo a postos para o último triatlo da época, o Triatlo de Lisboa. Como a prova do CN era de distância Olímpica, fiz a prova aberta, claro está.

Na véspera, fui com a equipa treinar ao local da prova, simulámos o percurso de natação e uma partida da areia, numa água de um Rio Tejo bastante sujo... percorremos ainda o percurso de bike e ainda parte do de corrida. Para além da natação, na última semana não tinha conseguido treinar mais nada, pelo que não esperava nada da corrida nem da bike.

No dia da prova, lá fui eu e o CC, ele para a prova grande e eu para a pequenina... Fato vestido, aquecimento feito, estava pronta para o início. A partida atrasou ligeiramente, pelo que deu tempo para ir cavaqueando com alguns colegas.

Tiro de partida dado, ligo o relógio para contabilizar o tempo da natação, sigo ao meu ritmo, sem me deixar influenciar demasiado pela azáfama existente à minha volta. Vou passando alguns atletas, outros vão-me passando a mim, mais rápido do que esperava e sem…

Triatlo de Aveiro

Este fim-de-semana realizaram-se em Aveiro várias provas de triatlo - Taça da Europa de Triatlo Júnior (distância Sprint), Campeonato Nacional Individual de Triatlo (distância Olímpica) e Campeonato Nacional de Clubes (estafetas em distância Super Sprint).

Pela primeira vez, eu ia participar numa prova de triatlo como federada, e nada melhor do que começar com uma prova em equipa, mais concretamente em estafetas.

Eu ia ser o elemento do meio, primeiro partiria a Catarina Casteleiro, depois ia eu e a fechar a Ana Pereira.

O CC também participou nas estafetas (era o 1.º elemento do grupo) depois de sábado ter participado no CNI.

Partida dada, agora era aguardar que a Catarina fizesse a sua prova e me passasse o testemunho (tocar na mão) para eu seguir. Depois dela nadar 300m, pedalar 8,6km e correr 2,1km, lá chegou a minha vez...

Mergulhei de cabeça, o que correu bem, os óculos não saltaram e pude fazer uma natação concentrada porque fui a nadar sozinha (é o bom das estafetas, ou o mal …

Duatlo de Almeirim

Como não fui a tempo de ficar federada para esta prova, não pude participar no Campeonato Nacional de Grupos de Idade como era o meu objectivo, assim, acabei por ainda competir na prova aberta realizada antes da prova principal.

Não eramos muitos atletas à partida, raparigas eramos 4 e eu, era claramente a mais velha, todas elas tinham no máximo, metade da minha idade, por isso eu acalentei muitas esperanças logo à partida.

Depois de alguma espera, lá arrancámos, uma das miúdas, do Alpiarça, fugiu logo com o grupo da frente. As outras duas ainda estavam no meu campo de visão. Consegui ainda durante uns bons metros ultrapassar uma delas e manter-me em terceiro durante alguns metros, mas a moça, mais nova e mais leve, levou-me a melhor e eu não consegui evitar que ela descolasse. Vi-a a apanhar a miúda que ia um pouquinho à nossa frente e eu sem me conseguir colar. Isso custou-se sair sozinha do PT enquanto elas sairam juntas, o que fez toda a diferença no ciclismo... Apanhei-as perto d…

Tri-Family

Hoje, como em outros dias, fomos correr os três. Saímos juntos de casa e eu de carrinho em punho!

Para este treino reservámos 1 hora, apesar de eu, por ir a empurrar a Piruças, não garantir o cumprimento do mesmo :)

Ainda durante a primeira volta ouvimos um assobio a chamar-nos e logo de seguida percebemos que iamos ter companhia para o resto do treino. Era a Katarina Larson que tinha vindo treinar também. Se tivessemos combinado não seria melhor ;-)

Ela quis guardar para a posteridade uma foto da "coolest Tri-family" como ela chamou, que ficou bem catita :)


Acabámos por fazer uma espécie de estafetas com a Piruças... cada um levava o carrinho uma volta. A Katarina entusiasmou-se e levou duas :) Nós agradecemos porque o ritmo aumentou, ela acabou por fazer um treino mais intenso e nós "descansámos" mais!

Venham mais destes ;)

A Etapa da Volta

Assim sem mais nem quê, no último dia de inscrições, o CC desafia-me para irmos fazer a Etapa da Volta... volto a rever a informação de um desafio que havia sido eu a primeira a propôr há uns meses atrás.

Hmmmm.... 72kms? Em estrada? Nunca fiz mais de 40 e picos... e ainda por cima não faço ideia de como é o perfil altimétrico da coisa... não há-de ser nada... siga e depois logo se vê!

Mas na véspera o CC estava com febre e em muito más condições, e ele dizia-me que iamos na mesma para ver, mas que não iamos fazer o percurso, quanto muito faziamos a partida e depois voltávamos para trás.

Na manhã, pela fresquinha, arrancámos de Leiria para conseguirmos estar em Viseu antes das 8h45. Lá fomos nós, IP3 a fora, meio moles e cansados. Chegados a Viseu, fomos buscar os dorsais e voltámos ao carro para pegar nas bikes. Segundo a indicação que se mantinha, só levei um bidão de água e uma barrita... nem a banana dada pela organização comi.

Alinhámo-nos na partida, no meio de centenas de estra…

Treinos no Fárrio

A entrada em férias deu-se com um fim-de-semana em família no Fárrio, Ourém.

Mas fds em família não quer dizer fds sem treino... ficou a família a aparicar a Piruças e nós fomos fazer um treininho de estrada, dali ao Agroal e volta. Foram 40kms, mais coisa menos coisa, com vontade de um mergulhinho nas nascentes do Agroal, mas com tanto avec era impossível :)



À chegada, depois da valente subida, esperavam-nos as sapatilhas de corrida para um treino de 30 minutos pelos pinhais. E eu que pensei que nem 15 minutos aguentava depois dos 40kms a puxar - para não perder o CC de vista, está claro! - mas apesar de mais lento que o costume, o treino soube bem!

No dia seguinte, para "esticar" as pernocas, o CC foi fazer 80kms (até Tomar), mas eu fiquei-me por um treininho de 30 minutos em circuito pelas redondezas, percorrendo estradas em que não passava há anos...

Qual Usain Bolt!

Eu e o CC tivemos a oportunidade de nos pôrmos à prova em 20m de corrida de pista.

Mas a coisa foi à séria, com sapatilhas com "piquinhos" e tudo!

A verdade verdadinha é que dei luta e apesar de ter perdido, acabei por ganhar, porque o CC passou ao lado do sensor....

Mas pode ser visto neste video que a Mizuno disponibilizou:


http://youtu.be/6BtNb0fkesM

http://www.mizuno.eu

Triatlo de Abrantes ou Venha de lá essa medalha :)

Finalmente mais um triatlo na minha ainda "curta" mas "promissora" :-P carreira de triatleta :)

Estava no meu calendário desde o início da época, mas a encomenda saiu melhor do que eu pensava... desta vez não ia competir com os cadetes, juvenis e afins (já que estes tinham provas do CN a disputar), mas sim com gente assim como eu, a iniciar-se na coisa!

A motivação foi logo maior, mas desvaneceu-se (só um bocadinho) quando chego ao secretariado e vejo "temperatura da água 24º - não é permitido o uso de fato" - MAU!!! Se até aqui e a nadar com fato a coisa não tinha sido pacífica, sem fato... ui ui!

Mas um(a) triatleta não desmotiva, pensa logo como superar mais um obstáculo. Toca a ir buscar o material e a colocá-lo no PT. Tudo a postos!

Faltava ainda bastante tempo para a prova que só teria lugar depois das provas dos "miúdos", e como o calor era muito e tinhamos connosco a Piruças, fomos para o cafézito, já que ela tinha de ser alimentada, ma…

Sintra... que saudades!

Depois de um curto - mesmo curto, tipo 10 minutos - treino de natação nas gélidas águas da Praia da Torre, apontámos agulhas para Sintra.

Estacionados no sítio de sempre, no largo do chafariz na Malveira da Serra, começámos a percorrer o alcatrão que em crescente subida nos levava aos trilhos. Bem mais de um ano desde a última voltinha em Sintra. Numa bike emprestada - uma Sobre em cromoly da irmã do António da BinaClínica - para experimentar. A entrada nos trilhos deu-se à 2.ª tentativa, na primeira hesitei a descida, estou ainda mais maricas!

Dos trilhos que passam no Campo Base da Pedra Amarela, haveriamos de descer à Barragem do Rio da Mula, para subirmos pelo trilho que a ladeia e que tem aquelas três rampas maléficas, que praticamente ultrapassei com distinção, não fosse faltar 1m à primeira, porque ando sem encaixes e de plataformas é mais difícil transpor alguns obstáculos :( Depois apear em parte da subida que cada vez tem mais pedra e chegamos ao primeiro estádio: os Capucho…

Corrida da Volkswagen

É sempre bom quando somos surpreendidos com algo relativamente diferente, foi o que se passou com esta corrida... a proposta era fazer uma corrida de 10km em que uma parte do percurso seria dentro da fábrica da AutoEuropa em Palmela. Bem vindos às corridas temáticas! :-)

Partia para esta corrida com um objectivo ambicioso, a Marginal à Noite tinha levantado as expectativas, dado o bom resultado obtido. Idealmente gostaria de baixar o meu tempo aos 10km abaixo dos 50', imperativo era mesmo bater o meu PR, que estava nos 53'01'' desde a Corrida da Linha/Destak em 2009.

Não fosse o facto de a minha filhota ter decidido acordar de 10 em 10' até às 3h da manhã, de ter o pescoço todo inquinado e da parva da aplicação Nike+ não ter "colaborado" e provavelmente até teria concretizado o objectivo ideal, mas mesmo assim, e apesar de tudo, considero que o resultado que consegui foi muito bom já que não fazia ideia do tempo que levava durante toda a corrida e assim, …

Chalktrail

Hoje descobri uma coisa giríssima, alguém teve a ideia de colocar um pau de giz colorido na traseira de uma bike e de com isto trazer animação ao alcatrão cinzento das cidades!

Acho que o chalktrail não só é giro para crianças, mas também para as crianças dentro de cada um de nós ;-)


visto em Trend Alert

Marginal à Noite

Finalmente participei na Marginal à Noite, depois de o querer fazer há já alguns anos e de até ter estado inscrita no ano passado, só este ano é que desfrutei desta corrida.

No início, eu e o CC iamos só os dois, mas depois os planos alteraram-se e decidimos levar a nossa Piruças. A ideia era eu ir a correr e a empurrar o carrinho, enquanto o CC se auto-propunha em bater o seu record pessoal, mas os planos alteraram-se de novo e afinal o CC foi calmamente a caminhar e a empurrar o carrinho da Piruças e eu auto-propus-me em bater o meu record pessoal :)

Pequeno aquecimento feito e despedimo-nos, eu fui tentanto furar para ficar mais à frente e ter uma partida menos condicionada pelas "chicanes móveis" e o CC, por seu turno, ficou para trás para garantir que a Piruças não era abalroada por ninguém!

Partida dada! Não tomou muito tempo até que conseguisse arrancar, no entanto, medi o meu tempo tendo em vista a passagem nos tapetes para ter uma percepção mais clara do que seria o…

Primeira volta de "fininha" mais à séria

Hoje, eu e o CC fomos pedalar juntos - depois de eu o convencer que não lhe fazia mal fazer um treino mais calminho :P - e a Piruças foi ser estragada com mimos pelos avós e pela tia :-)

E como eu sou um bocado masoquista, a minha proposta foi «e se fossemos até Montachique?», e para o CC tudo bem! Lá descemos pela Ameixoeira para evitar a Cc do Carriche, metemo-nos para dentro por Olival Basto, passamos o IKEA, Loures e toca a subir até ao Cabeço de Montachique. Eu fiz a subida toda sozinha, ao meu ritmo, sem paragens, já que o CC tinha umas séries para fazer, por isso andou a subir e a descer, mas só se cruzou uma vez comigo, pelo que me parece que a minha subida não correu assim tão mal ;-)

Chegada ao cruzamento, páro! Subir até ao miradouro? Descer até ao Parque? Ir em frente? Ligo ao CC. Afinal ele vinha 2' atrás de mim. Optámos por descer pelo Parque, e que descida - já conhecia a subir de uma volta de BTT - mas a descer, em estrada, faz doer as mãos :-P

E desce, desce, desc…

Triatlo do Ambiente

Hoje fui fazer o meu primeiro triatlo à séria...

Anteriormente já tinha feito dois triatlos, mas a natação tinha sido feita na piscina, o que não se equipara, em nada, a nadar em águas abertas, continuo a achar que nadar em piscina é muito mais fácil!

Até agora, tinha feito já uma série de duatlos, sobretudo de BTT, experimentando apenas este ano a vertente estrada, e quanto a nadar com fato em águas abertas, há três fins-de-semana seguidos que "experimento" e a coisa tem custado sempre, mas em prova a dificuldade exponencia-se, não apenas por causa do granel - braços, pernas e corpos por todo o lado - mas também porque ainda não me é fácil reconhecer o meu ritmo e não me deixar afectar pela adrenalina e nadar à bruta, logo no início, atrás de quem vai à minha frente, pagando mais tarde a factura de não conseguir controlar a respiração!

Desta vez, a partida foi feita da areia, sprint até à água e toca a nadar "à polo" para me orientar no meio da confusão. Até não m…

Aquatlo de Peniche

Este sábado fomos até Peniche para participarmos em duas provas, eu no Aquatlo e o CC no Triatlo de Peniche.

O PT era no mesmo lugar onde se deu, no ano passado, a partida para a Corrida das Fogueiras, mas hoje a proposta não era só correr, primeiro teria de nadar... e era a minha primeira prova que envolvia natação em águas abertas (e nervos adicionais)!

Chegámos com alguma antecedência, mas apesar da fila no secretariado não ser muito grande, a capacidade de resposta estava a níveis mínimos, só quando se aproximava a hora da partida para o aquatlo é que houve o cuidado de tentarem despachar o pessoal que lá estava só a tentar levantar o dorsal... coisa de 5 segundos... para mais de 20 minutos na fila e com chuva em cima (e mais nervos adicionais)!

Claro que fui a correr para o PT, colocar as sapatilhas e deixar as coisas, saí de lá um bocado à pressa a ver se ainda conseguia ter tempo de vestir o fato de neoprene para fazer face à água com uma temperatura de 17º.

Lá vesti o fato e …

Lisbon Cycle Chic #2

ROUBADAS

Foram esta madrugada roubadas da nossa garagem as nossas três bicicletas :(

Se tiverem alguma informação em relação às mesmas, entrem por favor em contacto comigo através do meu email anasoraiagomes@gmail.com. Obrigada!!!

Van Nicholas Zion 14'' (2010) (toda equipada com XT excepto desviador traseiro SRAM X9 e punhos gripshift, travões XT, selim Selle Itália SLK Lady Gel Flow) e Canyon XC 5.0 (2008) (pedaleiro LX, desviador dianteiro XT e traseiro X9, punhos gripshift, travões XT, selim Selle Itália SLK Gel Flow)

Specialized Roubaix SL3 Pro (2011) com rodas Roval fusée SL25 e SRAM Red

1.º dia da Mãe

Hoje foi o meu primeiro dia da Mãe!
Foi especial, porque foi o primeiro!
Foi especial, porque a minha Piruças é a Piruças mais linda do mundo ;)

Para comemorar, fomos buscar a avó para participarmos as três no Desafio 10.000 Passos através no CPPP, partindo da Praia da Torre e retornando em Paço D'Arcos, perfazendo cerca de 8km, +/- 10.000 passos.

O CC acabou por vir connosco para fazer a recuperação activa do Lisboa International Triathlon onde ele participou ontem... e nós fomos apoiar ;)

Mas hoje foi manhã de caminhada e foi bem bom!!! As três gerações estiveram juntas numa agradável manhã solarenga e soube mesmo bem :)


Ao finalzinho da tarde, houve ainda tempo para eu dar uma voltinha à laia de test-drive a uma Specialized Roubaix SL2 Elite 49'' emprestada.

É diferente pedalar numa bike mais ajustada ao meu tamanho, acabei por fazer, neste pequeno percurso de 11kms de hoje, a melhor média das três voltas que fiz até agora em bike de estrada, agora é habituar-me a isto …

Duatlo da Amora

Mais um fim-de-semana de adrenalina :)

Que ia quase não sendo (nota mental: ler sempre com atenção o regulamento das provas!!!), isto porque cheguei relativamente perto da hora de início da prova e o secretariado e o parque de transição tinham fechado há mais de hora e meia... mas fiz um choradinho muito muito grande aos responsáveis e lá me deixaram alinhar... ficou aprendida a lição!

Este sábado a prova era mais perto, na Amora, e até à semana passada estive na dúvida se devia fazer esta prova ou a de amanhã em Torres Vedras, mas, uma vez que ainda não tinha feito nenhuma prova de BTT e que o percurso de amanhã era mais longo para o meu parco treino, alinhei antes na prova da Amora.

Mais uma vez, Prova Aberta que contava com as distâncias de 2kms no 1.º segmento de corrida, 6km no segmento de BTT e 1km no 2.º e último segmento de corrida. Todo o percurso era em terra batida com algumas zonas de areia, não era muito complicado - apesar da areia atrapalhar... (falta de jeito!) - só ti…