Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2008

Objectivo Travessia: Cumprido!!!

O grande desafio para este ano foi cumprido com sucesso!!!!

5 dias da Travessia de Portugal. De Monsaraz até Sagres. Um verdadeiro teste à minha capacidade de resistência e determinação!

A verdade é que todos os meus receios se foram dissipando ao longo dos dias, e a cada nova subida fui arranjando força para a próxima...

Percorrer o Alentejo e o Algarve foi uma experiência fantástica, as paisagens de tirar a respiração, a companhia sempre aprazível e divertida, tornando as horas a pedalar muito agradáveis!

Na 1.ª etapa que percorri, tinha como cenário inicial Monsaraz e a barragem do Alqueva, que durante bastante tempo nos acompanhou com os seus inúmeros braços que irrompem as terras circundantes, não foi uma etapa difícil, antes pelo contrário, foi a ideal para o primeiro dia.

Cheguei muito bem a Pias, ainda estive tentada a mergulhar na piscina, mas só consegui molhar as pernas.... Estava fresquinho!!!

Os jantares sempre foram bastante agradáveis, boa comida, bom vinho, boas sobre…

X Raid Alvalade-Porto Covo-Alvalade

Ora cá vai...

Foi um espectáculo... O percurso foi mais duro do que inicialmente era previsto, sobretudo por causa do vento que se fazia sentir e da areia, mas para compensar tivemos "direito" a paisagens fantásticas!

O acumulado da prova estava muito bem condensadinho na serra, já depois de 40km cumpridos, e na verdade foi a partir desse ponto que comecei a sentir-me melhor...

Passo a explicar, de início ia com a Carla, mas ela ia a dar-lhe forte e feio, e eu estava a sentir q estava a puxar muito para quem ia fazer 120km, por isso disse-lhe para ir à vidinha que eu cá ia, ela lá me deixou ficar com o Miguel e a Tânia, mas o desgaste que este início provocou, levou-me a uns 10km a ter de recuperar o cansaço.... Mas o abastecimento da Barragem devolveu-me as forças e no início da serra senti-me muito bem, ainda acompanhei a Tânia e o Miguel, e ainda o Medeiros, até um bocadinho antes da descida perigosa que tinha uma ponte de madeira no final, a partir daí deixei de os ve…

Ah e tal dá para passar...com água pela cintura!

Hoje fui pedalar para a margem Sul... O guia foi o Sérgio!!!

Partimos da Charneca por trilhos até à Fonte da Telha e daí entrámos na Herdade da Apostiça até à Lagoa de Albufeira... nessa altura alguém que não vou dizer quem, mas que o nome começa pela letra João, já tinha conseguido partir a corrente... Força não lhe falta para a Travessia ;-)

Entretanto muita areia, mas o que viria a seguir, seria o ponto alto da manhã ciclistica, pedalar ao longo da margem da Lagoa de Albufeira e por 2x atravessar a Lagoa, a 1.ª vez com água pelos joelhos e da 2.ª vez com água quase pela cintura....

A partir daí foi quase tudo por estrada, à excepção de uma incursão ao longo da vedação da Nato.

Chegámos de novo à Charneca mais tarde do que era suposto, depois banhoca e um belo almocinho no "Oh Carlos"....

... Pró ano fica a visita ao Lisboa Downtown... ainda não foi desta :-(

Aqui ficam os dados-resumo:
Km percorridos: 56,72km
Tempo: 3:32:50
Média: 15,98
Mais informações: carregar em cima da foto... ;-)

III Maratona de Idanha-a-Nova

Esta foi a primeira vez que rumei a esta zona do país para pedalar, mas as fotos da edição anterior foram suficientemente apelativas para me convencerem a ir.... e posso dizer que valeu bem a pena a viagem!!!

Primeiro que tudo quero agradecer ao P por nos ter cedido a casa em Idanha onde pudemos pernoitar! Thank you!!! ;-)

O levantamento dos dorsais no final da tarde de sábado, foi muito calminho, sem qualquer stress, já não posso dizer o mesmo relativamente a encontrar um sítio para jantar, parece que os restaurantes decidiram fechar de propósitos... ai e tal, vêm aí aqueles gajos das lycras, vamos lá barricar isto!!! Vá-se lá perceber.... Mas houve uma sra simpática que abriu a cozinha de propósito para alimentar 7 famintos bttistas! ;-)

Pois bem, o dia seguinte acordámos cedinho para nos fazermos à estrada de bike rumo ao pequeno-almoço no mesmo local onde tinhamos jantado... Deu logo para abrir o pulmão!!!

Conseguimos chegar cedo ao largo da CM, deu para ver algumas caras conhecid…

À torreira na Arrábida

O convite chegou do Miguel, ia aventurar-se a ser nosso guia na Arrábida, pareceu-me interessante!!! ;-)

Mais convite menos convite, o Filipe Rafael, meu colega da faculdade e habitué dos passeios "Á Borliu" finalmente deu umas pedaladas connosco (pena é que os sapatos de encaixe não me tenham servido... Alguém calça o 35 e precisa de uns excelentes sapatos de encaixe a bom preço???) e também a Cristina Marques se juntou para fazer uma das suas voltinhas favoritas! :-)

A proposta era partir de Palmela e fazer o trilho dos moinhos, fio dental, cai de costas, sobe-e-desce e Comenda....

O dia que começou meio chocho, não previa o calor que se haveria de fazer sentir....

O trilho dos moinhos ainda foi feito com o tempo meio encoberto, mas quando fomos fazer o single do fio dental, já o sol brilhava intensamente... desta 2x que fiz este single já consegui estar mais tempo em cima da bike do que a andar, da próxima a ver se o faço praticamente todo montada!!!

A subida para o cai-…

Em Sintra no dia do trabalhador

O ponto de encontro era na Lagoa Azul às 9h30, mas a essa hora já estavamos todos a pedalar, praticamente toda a gente chegou mais cedo... Éramos 12, eu, o Carlos, a Tânia, o Miguel, a Nani, o Aurélio, o Galvas, o Francisco, o Luis, o Dino e mais um senhor e o filho dele que eram amigos do Dino (se não me engano).

Começámos a subir a longa subida desde a Lagoa Azul até aos 4 Caminhos, entrámos no single da descida com os drops, a seguir fizemos o single dos troncos, e por último, fizemos o outro single que começa com as pedras.

Daí fizemos a descida que depois nos leva à subida do convento dos Capuchos.

Abastecimento no parque de estacionamento dos Capuchos.

Em conversa com o Galvas e o Dino, disse-lhes que queria subir o Monge até lá acima sem parar, ambos me incentivaram, assim, começámos a subir com calma (a minha calma, para manter o meu ritmo), o Dino veio sempre comigo e libertámos o Galvas dessa tarefa... estava a correr muito bem, consegui controlar respiração e esforço, mas …