Avançar para o conteúdo principal

Corrida do Sporting

Como tinha planeado desde a corrida do ano passado em que eu estava gravidíssima, este ano, lá estava eu pronta para correr os 10kms da Corrida do Sporting!

Pronta, pronta, não é bem o termo, porque nas últimas duas semanas, a não ser na véspera do Triatlo de Lisboa e no dito, não corri mais nenhuma vez.... isto de ser mamã tem destas coisas (ah, e a sacana da sinusite que me tem atormentado os dias).

Mas lá fui eu, toda lampeira, para a zona de início da corrida, ainda encontrei alguns conhecidos, mas decidi entrar para a minha "manga" e fiquei sozinha no meio daquele mar de gente.

Deu-se a partida, comecei a correr rapidamente, seguindo aquela multidão que arrancou a grande fôlego. Senti-me bem, mas também percebi cedo que não ia permanecer a correr naquele ritmo, já que acabei por ficar perto do marcador dos sub-40... mas lá ia eu, no meu ritmo de conforto, sem puxar em demasia, a ver a "festa" :-)

Quando saio do túnel do Campo Pequeno já aí vinham os primeiros. Fico de olhar atento, e lá vejo o Jorge Alves com a sua fita na cabeça a correr desenfreadamente, grito em apoio. Depois o Manuel Roque, o André, o Sávio e outros mais que foram passando!

Começa a chover praticamente quando inverto o percurso junto ao Palácio Sotto Mayor, as gotas eram grossas mas vieram refrescar quem ia num passo mais acelerado.

Continuo num bom ritmo até que no km6, como quem não quer a coisa, chega a dor de burro! Assim de repente, lancinante, tento combater a vontade de parar, consigo durante um bocado, mas em duas das subidas dos túneis a dor torna-se insuportável e páro. Páro e caminho, enfiando os meus dedos debaixo das costelas do lado direito, em agonia. Retomo a marcha. Alguns populares gritaram-me dicas. Lá vou respirando fundo tentado melhorar o sofrimento.

Finalmente o estádio à vista... está quase... arranjo mais forças para terminar a corrida apesar da dor. Uma volta pelo fosso do estádio e finalmente subimos para a meta ao nível do relvado. Termino!

À minha frente um mar de gente em passo de caracol para cumprir a restante volta ao estádio rumo à saída - e às medalhas e à água!

Ficou cumprida a corrida em 56'02'' de tempo de chip e 56'17'' em tempo total. Foi o que se arranjou!

Qto a fotos, parece que os fotografos acharam que eu não estava fotogénica porque não consegui encontrar uma única foto minha (em contrapartida vi muita gente conhecida nas fotos), fica para "recuerdo" uma foto da partida.


Comentários

Bom Soraia, o importante é que cumpriste! Participaste e conseguiste mesmo com aquela dor. Haverá mais oportunidades.

Mensagens populares deste blogue

XTERRA MAUI | Ou o azarado Campeonato do Mundo...

Depois de muita preparação, dedicação e esforço esta época, eis chegado o momento de pôr à prova todo o tempo despendido a treinar.

Um destino como o Hawaii era motivo suficiente para querer enfrentar o desafio, mas mesmo com todo o treino feito estava receosa sobre o que iria encontrar, sobretudo em termos de clima. Mas a verdade é que chegámos com uma semana de antecedência, para nos ambientarmos, descansarmos e entrarmos na rotina do novo fuso horário - sim, são 10h de diferença!

A semana antes supunha algum descanso e as tão aguardadas férias, mas não podíamos deixar a forma totalmente de lado... tinha de continuar a haver algum treino... como não podia deixar de ser, e porque fomos 2 semanas, levámos a nossa Piruças connosco, pelo que tínhamos de treinar à vez, mas assegurámos que tínhamos uma babysitter de confiança para ficar com ela durante a prova, não deixando isto de nos causar algum nervoso miudinho, porque no Hawaii não falam português, certo? ;-)

Mas é da prova que quero…

HAPPY!!!!!

Sinto-me infinitamente feliz :-)

E por algo tão simples como ter batido o meu record pessoal nos 100m livres! êêêêê

Mas há várias razões para que este record batido seja tão motivante:
# porque ele significa menos 5" de um anterior record que eu nem sabia bem como o tinha feito;
# porque nas 2 séries de 100m que fiz hoje, na 1.ª igualei o anterior record e na 2.ª esmaguei-o;
# porque trazia um record pessoal da época passada de mais 22.5" que o actual;
# porque isto é resultado de um trabalho árduo e muito individual;
# porque para evoluir fiz muita pesquisa para perceber como poderia melhorar;
# porque nado unicamente acompanhada pelo meu Garmin Forerunner 910XT que me ajuda a avaliar toda esta minha evolução;
# porque nunca desisti de querer melhorar;
# porque me gravei em Agosto com intuito de perceber alguns erros e isso ajudou-me imenso: percebi que estava a colocar o braço cruzado à frente da cabeça e que a minha mão também não entrava como deve ser na água (além de ou…