sábado, 7 de fevereiro de 2009

Sintra com pouca lama

E as saudades que eu já tinha de Sintra? Ah pois era, já não ia pedalar em Sintra desde o ano passado... :)

Voltei e o tempo esteve do nosso lado, apesar de ter estado a chover a semana toda, hoje estava um solinho catita e nem estava muito frio na serra.

Decidimos fazer uma voltinha sem lama, e não é como alguns que dizem "ah e tal vamos pedalar sem lama" e depois o pessoal atasca... não! Aqui praticamente não apanhámos lama o caminho todo, também já chegava, não?

Mas o aviso estava feito, para não apanharmos lama temos de andar sempre a subir e a descer, mas não é sempre assim em Sintra?

Por isso, subimos na parte inicial desde a Malveira, descemos até à barragem, voltámos a subir até à Pedra Amarela… nesta altura, estava a arfar e decidi não ir ver as vistas lá acima, escusado será de dizer que depois me arrependi :(

Daí seguimos até à Peninha e começámos a descer para a zona que vai dar ao Cabo da Roca, mas no meio de um trilho quase ao pé do alcatrão, demos com uma máquina de bolas daquelas que costumam estar nos cafés completamente destruída e bolas por tudo quanto é lado, não tardava e estava a vir a GNR… pelos vistos os larápios andaram a fazer das suas… tudo por meia dúzia de trocos!

Nesta altura estávamos numa zona onde nunca tinha pedalado, algures na zona da Azóia, claro que depois de um pouquinho de alcatrão foi subir, subir, subir, e novamente subir, até entrarmos na descida do miradouro/fábrica das águas e depois subimos o trilho mais longo do rabinho de porco.

Como o Miguel tinha de se despachar, seguimos dos Capuchos directamente para a Malveira pelo caminho do costume.

Voltinha catita, com muito poucos segmentos com lama, zonas novas que não conhecia e uma altimetria catita para a distância (algures entre os 930m do GPS e os 1266m do GPSies) para 31kms :) Bom treino!!!

Sem comentários: