Avançar para o conteúdo principal

À chuva na Serra da Carregueira

Hoje o dia começou acelerado, era suposto acordar às 7h e sair de casa por volta das 7h30, e a que horas acordei? A verdade é que foi milagre ter acordado, assim meio atarantada, porque o raio do despertador não tocou (um dos problemas de acordar com rádio, é às vezes a rádio estar off como hoje de manhã)... Eram 7h30 e foi tudo a correr, mas consegui estar em Sacavém por volta das 8h como estava combinado!

Eram 9h quando estacionei nas bombas já perto de Caneças, e a chuva decidiu que devia dar um ar da sua graça, o que foi acontecendo praticamente durante todo o percurso...

Foi um pedalar em alcatrão até chegarmos ao Belas Clube de Campo, a partir daí, foram trilhos de todo o género, estradões, single tracks (alguns barrados a tulicreme), súbidas técnicas, súbidas menos técnicas, descidas com calhau e lama, ribeiras (na qual decidi parar a meio e fiquei com os pés encharcados) e tudo e tudo....

Foi libertador andar com chuva e no meio da lama, ok, a lama chateia-me um bocadinho, mas só porque fico mais insegura e gasta os calços dos meus v-brakes, mas foi um espectáculo!

Esta volta ficou marcada por várias avarias: ele foi correntes que partem ou enrolam, ele foi pneus que rebentam ou furam, ele foi... há mais?

A foto de família desta vez não foi tirada no meio do monte, mas na porta do Estabelecimento Prisonal da Carregueira, e o basqueiro que fizemos foi tanto que o guarda da entrada nos veio dizer que tinhamos de sair dali....



A chegada foi feita em grupos separados, porque o último problema técnico obrigou a uma paragem maior e a malta começou a ficar com frio, e os menos enrolas (tipo eu) decidiram ir andando para não atrasar ainda mais...

Para não variar, as fotos ficaram a cargo do repórter Jaime, ao qual vou cravar uma ou outra para colocar aqui!

Aqui ficam elas... Obrigada Jaime!!!!







Aqui ficam os dados-resumo:
Km percorridos: 28,12km
Tempo: 3:07:02
Média: 9,02
(a mais fraquinha de sempre)

Para a semana é a dobrar.....

Comentários

mo7ard disse…
Boas Sô Dôna Soraia e Companhia... e arredores...

Excelente Blog que tens vindo a construir, e assim não poderia deixar de te felicitar pelo mesmo =)

Um beijo muito grande deste teu amigo motard... ;-)

... Chico!

Mensagens populares deste blogue

XTERRA MAUI | Ou o azarado Campeonato do Mundo...

Depois de muita preparação, dedicação e esforço esta época, eis chegado o momento de pôr à prova todo o tempo despendido a treinar.

Um destino como o Hawaii era motivo suficiente para querer enfrentar o desafio, mas mesmo com todo o treino feito estava receosa sobre o que iria encontrar, sobretudo em termos de clima. Mas a verdade é que chegámos com uma semana de antecedência, para nos ambientarmos, descansarmos e entrarmos na rotina do novo fuso horário - sim, são 10h de diferença!

A semana antes supunha algum descanso e as tão aguardadas férias, mas não podíamos deixar a forma totalmente de lado... tinha de continuar a haver algum treino... como não podia deixar de ser, e porque fomos 2 semanas, levámos a nossa Piruças connosco, pelo que tínhamos de treinar à vez, mas assegurámos que tínhamos uma babysitter de confiança para ficar com ela durante a prova, não deixando isto de nos causar algum nervoso miudinho, porque no Hawaii não falam português, certo? ;-)

Mas é da prova que quero…

HAPPY!!!!!

Sinto-me infinitamente feliz :-)

E por algo tão simples como ter batido o meu record pessoal nos 100m livres! êêêêê

Mas há várias razões para que este record batido seja tão motivante:
# porque ele significa menos 5" de um anterior record que eu nem sabia bem como o tinha feito;
# porque nas 2 séries de 100m que fiz hoje, na 1.ª igualei o anterior record e na 2.ª esmaguei-o;
# porque trazia um record pessoal da época passada de mais 22.5" que o actual;
# porque isto é resultado de um trabalho árduo e muito individual;
# porque para evoluir fiz muita pesquisa para perceber como poderia melhorar;
# porque nado unicamente acompanhada pelo meu Garmin Forerunner 910XT que me ajuda a avaliar toda esta minha evolução;
# porque nunca desisti de querer melhorar;
# porque me gravei em Agosto com intuito de perceber alguns erros e isso ajudou-me imenso: percebi que estava a colocar o braço cruzado à frente da cabeça e que a minha mão também não entrava como deve ser na água (além de ou…