sábado, 28 de março de 2009

Windy, windy... Quase a voar!

Quando disse que na semana passada que estava vento em Sintra enganei-me, afinal estava assim um ventinho... :P Hoje sim, estava uma ventania desgraçada... Caixotes do lixo caídos, ramos de árvores caídos na estrada... brutal!

Fomos fustigados pelo vento, mesmo dentro de alguns trilhos, era só poeira a voar, mas mesmo assim não desistimos, lá fomos rumo à Barragem a levar com vento na cara durante a descida, eu precisava de algum cuidado para não me espalhar já que algumas das rajadas me arrastavam para o lado (aliás, uma delas acabou por me fazer parar... impressionante!).

Na subida junto á barragem começámos a ser "importunados" por jipes, resmas de jipes passaram por nós num evento qualquer durante a manhã inteira, mas mesmo assim conseguimos subir sem ter de parar (mais fumo de escape, menos fumo de escape...)!

Rumámos novamente aos trilhos da semana passada, tentando abrigar-nos do vento, espectáculo, parecia que estava possuída (acho que andar a ver o Cape Epic na SportTv3 me anda a dar a volta à cabeça), fiz aqueles singletracks sempre a puxar, que gozo!!!

Após paragem nos Capuchos para abastecimento, os meninos estavam na conversa (e depois falam das mulheres) e avisei que ia andando, lá fui eu subindo em direcção ao Monge, volta não volta olhava por cima do ombro e não havia sinal deles, ao chegar ao trilho onde supostamente iriamos virar para fazermos o 8 do Monge, decidi subir mais um bocadinho para fazer tempo e não arrefecer, mas quando voltei a descer, esperei, esperei, liguei, voltei a ligar, e nada, aqueles dois nem apareciam nem atendiam os telemóveis... afinal tinhamo-nos desencontrado e acabei por subir até ao topo do Monge para ir ao encontro deles!

Voltámos a descer para cumprir o resto do 8 que faltava, voltámos a subir o Monge e rumámos à Peninha que por ser desabrigado estava à mercê da ventania... segue, segue, segue e estavamos na Pedra Amarela!

A descida foi com um pouco mais de cautela do que na semana passada, por causa do vento, mas fui a puxar o mais que pude nas partes a direito até ao carro... infelizmente a descida de alcatrão obrigava a cuidado adicional pelos ramos e novamente, pelo vento (tive sorte não ter caído no alcatrão a 40km/h quando uma rajada me desiquilibrou)!

Na verdade, foi um treino espectacular, o vento ainda aumentou um bocadinho a dificuldade, mas mesmo assim, fizemos mais 100m de acumulado (que nas duas últimas semanas) e novamente a média superou as anteriores! COOL!

Sem comentários: