sexta-feira, 6 de junho de 2008

Nocturno debut em Monsanto

Não há provas, mas sim, ontem fiz o meu primeiro nocturno de btt...

O principal motivo para este nocturno foi a preparação para as 24h de Monsanto, uma vez que como o nome indica, são 24 horas a pedalar - incluindo noite ;-) - e eu nunca tinha pedalado à noite, por isso estava na hora!!!

Combinámos às 21h no estacionamento junto ao Califa para fazermos a entrada para Monsanto pela passagem aérea.

O guia foi o Miguel que mesmo conhecendo bem Monsanto de dia, deixou escapar uma entrada para um trilho ou outro por causa da falta de luz...

A voltinha ainda foi mais longa que o previsto, sobretudo em termos de duração, a horita programada esticou até 1h40, porque a velocidade foi bem mais moderada...

Logo na primeira descida mais pronunciada consegui mandar-me para o chão numa curva, tudo porque me assustei, o problema é que o pé não saiu do pedal e acabei por torcer o tornozelo... fiquei ainda um bocadinho em recuperação, a ver se dava ou não para continuar, mas depois de um bocadinho achei que sim, embora evitasse encaixar o pé no pedal por precaução!

Ainda subimos bastante, fizemos a sequência de subidas junto à A5 que vai dar ao pé d'um restaurante e posso dizer que à noite parece bem mais fácil, uma vez que como não vemos a inclinação o factor psicológico acaba por facilitar! Ah, a subida super inclinada do cotovelo que fazia parte das 24h de Monsanto do ano passado, de noite, faz-se com uma perna às costas... aquilo é mesmo inclinado? ;-)

A Andreia caiu umas poucas de vezes, sem danos de maior - uma mão e um joelho esfolado - e o Vasco caiu já no final porque decidiram fazer o singletrack que leva ao parque da Pedra, mas va lá, o que podia ter sido uma queda aparatosa, foi apenas um susto e uma pequena mazela na perna...

Sem quedas ficaram o André e o Miguel, é que o André mesmo sem luz (a luz dele não durou mais q 15 minutos) safou-se bem e só dizia «sem luz é que é.... sem luz é que isto se faz bem»!!! Sim, sim....

Já passava um bom pedaço das 23h qdo voltámos aos carros, tendo-nos despedido do Miguel ainda no trilho...

Foi uma aventura bem engraçada, que para mim se prolongou ainda em casa com o belo saco de gelo no tornozelo ;-)

2 comentários:

Miguel disse...

Xiiii, um nocturno! Que fixe!
Um dia ainda experimento, mas tem de ser uma coisa mais fácil. E preciso de comprar uma luzes decentes, porque não acredito no André ;)

Andreia disse...

Foi muito giro! Pena as minhas 3 quedas, mas sem luz e ainda em fase de adaptação aos pedais de encaixe... Não me safei :)
Temos que repetir!!
Bjinhos