domingo, 29 de junho de 2008

I Mega PedalaDelas nas Caldas da Rainha


Fim-de-semana em grande!

Ultimamente a produção de relatos anda um bocadinho atrasada, claro que não ando a querer manter o suspense e aumentar o número de visitas aqui do meu álbum de voltinhas, apenas tenho tido menos disponibilidade....

Mas vamos ao que interessa, sexta-feira, fim do dia, correr para casa para fazer a mala e arrancar direita a um fim-de-semana há muito aguardado... o I Mega PedalaDelas!!!

Cheguei ao alojamento mais a a Andreia e o André e já lá estava outro casal à espera... como não os conhecia suspeitei logo de quem fosse... Era a Dri e o Zé Nuno! Liguei para a Cristina e fiquei a saber que ela estava com a Carla, o Jaime, a Naani, o Aurélio, o penatabua (Carlos), a Zé e o João Pedro a jantarem na Foz do Arelho, e ainda se juntaram a eles o Filipe e a Patrícia... Não tardou muito para que regressassem ao alojamento para nos juntarmos todos na piscina com o regresso do Miguel e a Tânia que também tinham ido passear... Pusemos a conversa em dia e fomos dormir para estarmos fresquinhos para o dia seguinte!!! Mas nem todos... alguns decidiram pregar partidas aos restantes - a isto ajudou o Torugo (Vitor) que chegou mais tarde - tais como prender as portas com cordas de forma a não se conseguir abrir por dentro.... ;-)

O pequeno-almoço era servido a partidas das 7h45, já que tinhamos combinado a saída do alojamento pelas 8h30 e o ponto de encontro em Óbidos às 8h45. Como partiram cedo de Gaia, o João (Vaitu) e família - a simpática esposa e dois miúdos fantásticos - ainda chegaram a tempo do nosso pequeno almoço e de arrumarem as coisas com calma. Ah, tá bem! já diria o benjamim Rui!!! ;-)

Como seria esperado, sai não sai, vai de carro ou de bike, a malta chegou a Óbidos mais tarde que o previsto, já estavam por lá os nossos guias - Chaves, Mox, Bruno e Ricardo - e a Ana Lúcia e o René que nos acompanhavam no passeio e corajosamente iam participar no dia seguinte na duríssima Maratona de Pombal! Ainda nos acompanhou o Nelson que também participa no fórumBTT.

Lá partimos por estrada rumo ao trilho... A entrada em terra batida prometia logo com uma bela subidinha para aquecer ;-) Aqui deu-se logo a primeira queda dia, e digo isto porque várias se lhe seguiram... Esta subida que ia dar a um fantástico miradouro com vista para o Castelo de Óbidos - Santo Antão, será? - tinha partes em que só dava para passar desmontado e a última subida vai lá vai, bastante empinadinha e com gravilha à mistura, ainda não sei como consegui fazê-la... :-)

Depois da foto da praxe (a do topo deste post), voltámos a descer e a ter de fazer a pé a subida seguinte que era muito, mas mesmo muito inclinada, assim tipo corta-fogo!

O resto do percurso passou junto à Lagoa de Óbidos, perto da Foz do Arelho e à beira de São Martinho do Porto, em estradões ou em single-tracks, em areia ou numa ciclovia, a subir ou a descer e, por falar nisso, a cair.... A conta das quedas não se ficou pela Andreia na saída do alcatrão, a Corina caiu por 2 vezes e acabou com um tornozelo empenado, a Carla caiu, vá, 1x e meia e eu não quis estragar as contas e tb me mandei para o chão 2 vezes... na 2.ª aterrei sobre o belo TOJO... o "picante" TOJO... e fiquei toda picada: mãos, braços, pernas, barriga... picos por todo o lado!!! Como já estávamos a chegar a São Martinho, e eu estava em sofrimento, o Jaime fez-me o grande favor de me ir buscar a Salir do Porto, mesmo tendo de sair da piscina fresquinha onde estava mergulhado!!! Ali a dois passos e acabei por não admirar a vista fantástica para a baia... fica para a próxima! Obrigada ao Bruno que me acompanhou até à rotunda e ficou comigo até vir o Jaime...

O resto do pessoal pedalou de volta para o alojamento ou de volta a Óbidos para irem buscar os carros, consoante o caso... À nossa espera, depois da bela banhoca, estava um fantástico repasto - uma grelhada mista com tudo o que tinhamos direito!

Após o almoço fomos todos refastelar-nos junto à piscina, onde os mais encalorados aguardavam ansiosamente a hora de poderem mergulhar... ficámos por lá o resto da tarde a colocar a conversa em dia, o que foi mto porreiro!!!

Entre mergulhos e conversa, anoiteceu, houve quem se tivesse feito à estrada (AnaLu, René, Carla, Jaime, Naani, Aurélio, Miguel e Tânia), eu ainda dei uma cochilada antes do jantar tardio, mais conversa e depois a Dri e o Zé Nuno também regressaram a casa.

Os resistentes ainda foram beber uma ginginha a Óbidos, sendo que o pretexto foi termos de levantar dinheiro... Já ouvi desculpas melhores ;-)

O dia seguinte amanheceu enublado, mas houve ainda coragem para uma voltinha de bike até São Martinho para alguns dos resistentes. Eu fui mais a Corina e a família do João de carro, porque estavamos as duas ainda a sofrer as consequências do dia anterior!!! Praticamente chegámos ao mesmo tempo que eles de bike, se bem que partimos muito mais tarde, depois de um café e um gelado numa bela esplanada, demos um belo passeio na calçada. O Rui fartou-se de andar de bicicleta para a frente e para trás, que energia tinha aquele miúdo ;-)

Voltámos ao alojamento, ainda deu para uma despedida da piscina, arrumámos as coisas e fizemo-nos à estrada de volta a casa...

Que belo fim-de-semana!!!

Não quero deixar de agradecer:
- aos nossos guias do passeio que nos levaram por trilhos fantásticos;
- à incansável Cristina, que teve em grande, este fim-de-semana deve-se a ela;
- ao Bruno e ao Jaime pelo apoio à "piquinhos";
- ao João e à Filú que nos acolheram muitíssimo bem num espaço fantástico;
- ao pessoal que participou tanto nos trilhos como fora deles, foi um fim-de-semana bem divertido!!!
- ao nosso benjamim, o Rui, que estava sempre pronto para a pedalada, de luvas, capacete e luz!!

Quando é que é o próximo???

Para já ficam algumas fotos "emprestadas":


2 comentários:

Jaime Beato disse...

Então menina...

Não me digas que ainda tens restos dos tojos nas pontas dos dedos. lololol

Estamos todos á espera do teu rescaldo do fim de semana.

As melhoras.

Miguel disse...

Então, ainda tens picos nos dedos?

Dita o relato para o Vasco escrever...

Olha, se um dia quiseres voltar lá vingar-te do tojo, conta com a nossa companhia. De Lisboa a Óbidos é um saltinho.