Avançar para o conteúdo principal

Test-drive em Sintra

Pois que bem, vou acabar com o "suspanse"!!!

É verdade, a bela da Canyon Nerve XC5.0 chegou à minha humilde maison na quarta-feira 30 de Janeiro!

Oh pra mim tão contente a abraçar o bikeguard... (só não percebo pq é que tenho a cara azul, mas isso agora não interessa nada!)



Depois de montar aquilo que tinha de montar (tipo o guiador e os pneus), fui dar uma voltinha pela garagem, o que não é nada mau...



O único senão da bike pela qual estou tremendamente apaixonada, é que o tubo está mesmo mesmo no limite para a minha altura... Mas decidi experimentar, perceber como me sinto, e vou trocar os pneus para ver se diminui assim qualquer coisinha!

Qual o melhor lugar para fazer um test-drive? No meu local preferido para BTT na zona de Lisboa, a Serra de Sintra!!!

Lá estava eu toda pronta e nervosa, para testar a minha "menina", para ver se me sentia confortável ou não, se conseguia desmontar em segurança....

Posso dizer que conforto não me faltou, que senti uma diferença brutal no peso e principalmente a nível de travões (a mudança de v-brake para aqueles discos é mesmo muito grande)! De qualquer maneira fui fazendo uns ajustes, tive de baixar um bocado a pressão aos pneus passados uns kms porque parecia que andava sobre 2 balões e ajustei 2 vezes o selim.

Em comparação com a semana passada posso dizer que fiz todas, mas mesmo todas as subidas sem parar uma única vez!!! YEAH!!!

As descidas é que continuam mesmo a ser o meu ponto fraco... Mas acho que agora aos poucos vou começar a ir perdendo algum receio, sinto mais segurança nos travões!!!

Num dos pontos de paragem, onde encontrámos o João (da Ana - bttinha), pedi para me tirarem uma foto:



Lá continuámos e consegui tirar uma foto lindíssima à minha bike (com a Praia das Maças como pano de fundo) no desvio da subida para o Monge:



É linda ou não é???

Ambas nos portámos muito bem, e eu estou óbviamente completamente em delírio com a minha bike! Vou fazer mais umas voltinhas para ver como me sinto, mas há grandes probabilidades de não a trocar... ;-) [Verdade seja dita que, a trocar, só pela Nerve WXC 8.0]

E amanhã há mais (e segunda, e terça)....

Aqui ficam os dados-resumo:
Km percorridos: 30,68km
Tempo: 2:37:02
Média: 11,72
Nota: eu não tinha ainda medido o pneu para actualizar a medida no conta-km, pelo que foram mais um ou dois km

Comentários

Miguel disse…
Parabéns Soraia. Tens aí uma excelente bike. Aliás, já sabias a minha opinião.

Essa facilidade para fazer subidas deve-se à existência de uma velocidade mais baixa, certo? É mais leve que a da Specialized?

Em relação ao peso: é muito mais leve que a Hardrock?

Boas pedaladas e bons treinos. Vais andar 4 dias seguidos!!?
asg disse…
Miguel,
Em termos de peso, é muito mais leve que a antiga, não tem comparação...

Quanto às subidas, é um misto, eu semana passada, ainda com a bike antiga, consegui subir o monge tão longe quanto subi hoje, e deve-se sobretudo a um controlo da respiração e da frequência cardíaca (auxiliado pela cadência da pedalada), mas posso-te garantir que senti mais facilidade esta semana, porque a bike é muito mais confortável a passar pelos regos, pedras e afins... :-D

Espero que consigam ir na terça, onde quer que a gente vá!!!

Boas pedaladas!
Que tenha muita sorte com a sua Canyon ;)
Varadero disse…
Olá Soraia,

Tens aí uma bonita bicicleta, pronta para atacar todos os trilhos, mesmo aqueles com muita lama ;)

Em relação à altura dela, eu também notei a minha mais alta nas primeiras vezes que andei nela mas agora já estou habituado e não troco as ST por nada...
Claro que se tivesses optado pelo modelo de senhora wxc teria o tubo central mais baixo, mas vais ver que te habituas depressa.

Falaste que ajustaste o selim várias vezes, parece-me pelas fotos que está muito inclinado para a frente. A posição mais correcta é estar próximo da horizontal, mas claro cada um sabe de si!

Muitos parabéns e muitas pedaladas com a tua nova fiel amiga ;)
Joker disse…
Sem duvida alguma que a bicicleta é mesmo muito gira! E o cenário também é do melhor que há.

Bons passeios de BTT!
asg disse…
Obrigado pelos comentários!

Boas pedaladas a todos,
ASG
RODAS VOADORAS disse…
ena ena ...isso é k é....Parabéns, é bem gira sim....já tinha visto lá no forum. Agora não é so material, as perninhas tb contam. Força....

Mensagens populares deste blogue

Trilhos dos Reis

Não comecei 2018 da forma como gostava de ter começado.

Depois de me sentir fortíssima até meados de Dezembro, talvez tenha abusado e a minha canela direita não gostou... impediu-me inclusivé de desfrutar a minha última prova do ano, a São Silvestre de Lisboa de que tanto gosto!

No entanto, dia 1 de Janeiro de 2018, fui ver como o meu corpo tinha reagido à terapia que tinha feito no dia 29 de Dezembro. Fiz 30' de trail muito calminhos e senti-me bem. Nessa semana continuei, com medos e paninhos quentes a correr leve na passadeira para perceber se teria de abdicar também da minha primeira prova da época, algo que não queria nada que acontecesse.

Mas a sorte protege os audazes e a minha audácia relativamente aos planos para este ano é alguma, tendo assim sido bafejada com a sorte de me ir sentindo melhor a cada treino que fazia.

Na semana anterior aos Trilhos dos Reis tentei arranjar companhia para a viagem. Tinha-me mandado sozinha de cabeça para este desafio, o CC ficava com os me…

Trail do Castelejo

Aproveitando que iamos passar o Carnaval a Leiria e que tinha de me forçar a treinar, descobri que no domingo acontecia aqui pelas redondezas o Trail do Castelejo e convenci o CC a vir comigo.
Optámos pelo percurso de 22km, que dava para fazer um bom treino sem abusar demasiado, Sicó é daqui a 2 semanas! A altimetria não era assustadora, sabia que ia apanhar uma parede pequena logo no princípio (que não foi tão pequena como isso dada a inclinação da coisa) e depois uma subida de cerca de 3k do km 12 ao 15, mais coisa menos coisa.

Chegámos a horas de levantar o dorsal com calma, ir ao carro decidir o que levávamos ou o que ficava no carro, ir aquecer um bocadinho e ainda conversar com o André, primo do CC, que viria a ficar em 3.º da geral masculina dos 22km.
Fomos para a partida e conseguimos furar para não ficar muito atrás. Logo logo, partida dada! Arrancámos com pica e tentei seguir o CC, mas não, ele fura com uma pinta e deixei de o ver num instante. Avancei, tentando analisar qu…