segunda-feira, 17 de maio de 2010

Arborismo, pedais e outras coisas que tais...

Comecemos pelo princípio...

Sexta à noite, andei a tentar angariar companhia para uma pedalada em Monsanto para domingo de manhã (o que eu não sabia era como me iria sentir nessa manhã...), mas a curta lista - nem sei se se pode chamar lista quando falei com duas pessoas :) - estava indisponível! Mantive, no entanto, a ideia de ir pedalar... mas já lá vamos... :)

Sábado pela fresquinha, fui experimentar algo diferente, fui experimentar o que é estar empoleirado a uns bons metros do chão quase na copa das árvores, a actividade chama-se arborismo e experimentei na Cova da Baleia. Posso dizer que gostei imenso da experiência e, primeiro que tudo, é perfeitamente seguro uma vez que estamos sempre presos por cabos de segurança e, pelo menos para quem não tem vertigens, é divertidíssimo apesar de ser algo exigente fisicamente. Foram 3 horas repartidas em três circuitos com diferentes níveis de exigência, com secções de tirolesa, slide, pontes de madeira, de corda, parede de escalada, entre outros divertimentos interessantes, e como dizia o instructor «esta noite vai ser a melhor noite de sono que vocês tiveram este ano» :)

Como podem antever, domingo acordar cedo para ir pedalar é mentira... ah e tal doi-me o corpinho... acabei por fazer um belo brunch, demorado, ao solito, e só depois é tive a ideia de finalmente ir percorrer de bike os parques que me ladeiam. Finalmente percorri a expansão do Parque Oeste que está fantástico - só faltava a mudança da água do lago que estava uma verdadeira porcaria - e experimentei umas descidas no Parque das Conchas, mesmo de calças de ganga, a Van portou-se à altura e só os meus travões é que estão a precisar de uso, nota-se claramente que ainda não estão a 100%! Está bem que ainda não foi desta que a volta foi à séria, mas pelo menos a bike já pisou terra, raízes e pedras :)

2 comentários:

Anónimo disse...

E com ou sem pala?

ASG disse...

Olha, sem juízo...