Avançar para o conteúdo principal

Duatlo das Lezírias

Hoje, eu e a B fomos apoiar o papá que foi fazer o Duatlo das Lezírias. Apesar do frio, o dia estava mais convidativo do que estava no dia do Duatlo do Jamor, pelo que lá arriscámos e fomos até lá protegidinhas do frio!

O CC foi colocar as coisas no PT e nós ficámos no carro a garantir que ninguém ficava com fome a meio da prova :) Mas, findo isso, lá saímos nós com o carrinho, muito tapadinhas e muito quentinhas que o dia não estava para menos. Encontrámos logo o CC pelo caminho que entretanto ia fazendo o seu aquecimento de corrida, mas toca a ir para a zona de partida porque nós demoramos mais e temos de nos colocar numa boa posição.

A partida deu-se e os quase 600 atletas sairam a bom ritmo, lá vimos o CC que ia na segunda metade daquela massa humana. Ansiosamente esperavamos que os atletas regressassem do primeiro segmento de 6km de corrida, e fomos ouvindo os comentários nas colunas que indicavam que o João Pereira tinha clara vantagem sobre os adversários. Mas essa vantagem era realmente brutal, ascendendo a cerca de 1 minuto, o que é esmagador numa corrida de 6kms.

Lá chegam os primeiros e passados uns minutos lá vem o CC para a transitar da corrida para a bike, nós ainda corremos para o ver montar na bike e tirar uma chapa.

O segmento de bike eram duas voltas e totalizava 29kms, pelo que era um segmento longo, mas mantivemo-nos junto às barreiras para garantir que viamos o CC passar, e vimos, tentámos uma tirar uma foto mas que não ficou perfeita :(

Bom segmento de btt e rápida transição para a última corrida de 3kms que foi ainda melhor que a primeira. Estava terminado! 

Pena foi que a meta estava numa zona que não era muito acessível e por isso só vimos os atletas a chegar ao longe. Mas, sem surpresas, o João Pereira terminou em 1.º lugar com uma diferença abismal para o 2.º classificado após uma prova inteira a puxar sozinho e ainda para mais vindo de uma lesão! Brutal! Em 2.º ficou o Miguel Arraiolos e em 3.º o Duarte Marques. No sector feminino, voltou a ganhar a Luísa Condeço - uma cadete que já tinha ganho no Jamor - seguida da Anaís Moniz e da Patrícia Justino.

Passado algum tempo lá tentámos ir ter com o papá que aguardava uma bela massagem nas pernocas que chegou logo logo. Parabéns CC!!! :)

Comentários

Mandie disse…
Hi, Nice post, I came across your site and wasn’t able to get an email address to contact you. Would you please consider adding a link to my website on your page. Please email me back.

Thanks!

Mandie Hayes
mandie.hayes10@gmail.com

Mensagens populares deste blogue

Trilhos dos Reis

Não comecei 2018 da forma como gostava de ter começado.

Depois de me sentir fortíssima até meados de Dezembro, talvez tenha abusado e a minha canela direita não gostou... impediu-me inclusivé de desfrutar a minha última prova do ano, a São Silvestre de Lisboa de que tanto gosto!

No entanto, dia 1 de Janeiro de 2018, fui ver como o meu corpo tinha reagido à terapia que tinha feito no dia 29 de Dezembro. Fiz 30' de trail muito calminhos e senti-me bem. Nessa semana continuei, com medos e paninhos quentes a correr leve na passadeira para perceber se teria de abdicar também da minha primeira prova da época, algo que não queria nada que acontecesse.

Mas a sorte protege os audazes e a minha audácia relativamente aos planos para este ano é alguma, tendo assim sido bafejada com a sorte de me ir sentindo melhor a cada treino que fazia.

Na semana anterior aos Trilhos dos Reis tentei arranjar companhia para a viagem. Tinha-me mandado sozinha de cabeça para este desafio, o CC ficava com os me…

Trail do Castelejo

Aproveitando que iamos passar o Carnaval a Leiria e que tinha de me forçar a treinar, descobri que no domingo acontecia aqui pelas redondezas o Trail do Castelejo e convenci o CC a vir comigo.
Optámos pelo percurso de 22km, que dava para fazer um bom treino sem abusar demasiado, Sicó é daqui a 2 semanas! A altimetria não era assustadora, sabia que ia apanhar uma parede pequena logo no princípio (que não foi tão pequena como isso dada a inclinação da coisa) e depois uma subida de cerca de 3k do km 12 ao 15, mais coisa menos coisa.

Chegámos a horas de levantar o dorsal com calma, ir ao carro decidir o que levávamos ou o que ficava no carro, ir aquecer um bocadinho e ainda conversar com o André, primo do CC, que viria a ficar em 3.º da geral masculina dos 22km.
Fomos para a partida e conseguimos furar para não ficar muito atrás. Logo logo, partida dada! Arrancámos com pica e tentei seguir o CC, mas não, ele fura com uma pinta e deixei de o ver num instante. Avancei, tentando analisar qu…