Avançar para o conteúdo principal

Por Trás-os-Montes

Quem diria que a estreia a sério da minha bike iria ser num cenário tão longínquo e tão belo? Ah pois é, finalmente testei como deve ser a minha bela rígida de titânio que se mostrou totalmente à altura do desafio: subidas, descidas e muita pedra :)

Através da dica do Josant, pesquisei os trilhos de Jales, e descobri um mesmo há altura do desafio, os trilhos da 2.ª Rota do Ouro, quilometragem suave assim como o acumulado... não sabia eu que a bela pedra me ia dar algum trabalho!

Fizemo-nos à estrada deste Ribeira de Pena a Jales, ao encontro do trilho - de carro, claro está! - e lá deixámos o carro à torreira do sol que já se fazia sentir...

O início da pedalada foi muito agradável, e eu estava a morrer de saudades de rodar os meus pneus por TERRA!!! Mas em breve ia perceber que teria muitos segmentos que me iam deixar em transe, já que descidas com pedra eram muitas e passeios pedestres também ;)

Mas fomos avançando no terreno, a aproveitar a paisagem e as sombrinhas quando queriamos merendar. Tentámos fazer paragens a cada 10kms porque para além de estar destreinada, era a primeira vez da Canyon pisar a terra sem mim ao guiador ;)


A Van Nicholas "iluminava" o caminho, já que ia com o Oregãos a bordo, mais tarde troquei já que estava a ficar enjoada de ir a olhar para o dito cujo... sou mesmo fraquinha! :)

Mas a Canyon parecia à-vontade :)


Mas lá continuámos, por fantásticos trilhos e ainda deu para irmos molhar os pés a um ribeiro bem ferroso... deu para ficar com as solas dos pés laranjinhas!


Mas a paisagem foi sempre de cortar o fôlego... com muita pedra como eu gosto!


Ainda passámos umas pontes romanas muito catitas...



E mesmo mesmo no fim, a chegar a Jales, consegui sacar esta foto a pedalar...


Foi um dia longo, mas muito divertido e que me trouxe de volta o cheiro a pinheiros e ao barulhos dos pneus na terra!

Melhor ainda, fiquei muito, mas mesmo muito satisfeita com o comportamento da minha titânica... agora é tratar de fazer os ajustes que ela está precisar - cortar o tubo da direcção, trocar o guiador e o avanço com a Canyon e afinar a transmissão - e fica perfeita :)

Comentários

Blackbelly disse…
A estreia tinha de ser nas minhas terras transmontanas :D

ah ah ah

essa bicicleta chama por mim :p

Espero que te d~e muitas alegrias!
kitos disse…
O que fica melhor é a bela da unhaca pintada... sim senhor... se tivesses os apertos da KCNC da mesma côr ficava a matar...

Tavas à espera de um comentario de jeito não?
ASG disse…
@blackbelly - Corina, e foi mesmo pertinho de ti ;) Tens de arranjar uma amiga para a minha :)

@kitos - achas?!? ;)

Mensagens populares deste blogue

HAPPY!!!!!

Sinto-me infinitamente feliz :-)

E por algo tão simples como ter batido o meu record pessoal nos 100m livres! êêêêê

Mas há várias razões para que este record batido seja tão motivante:
# porque ele significa menos 5" de um anterior record que eu nem sabia bem como o tinha feito;
# porque nas 2 séries de 100m que fiz hoje, na 1.ª igualei o anterior record e na 2.ª esmaguei-o;
# porque trazia um record pessoal da época passada de mais 22.5" que o actual;
# porque isto é resultado de um trabalho árduo e muito individual;
# porque para evoluir fiz muita pesquisa para perceber como poderia melhorar;
# porque nado unicamente acompanhada pelo meu Garmin Forerunner 910XT que me ajuda a avaliar toda esta minha evolução;
# porque nunca desisti de querer melhorar;
# porque me gravei em Agosto com intuito de perceber alguns erros e isso ajudou-me imenso: percebi que estava a colocar o braço cruzado à frente da cabeça e que a minha mão também não entrava como deve ser na água (além de ou…

XTERRA MAUI | Ou o azarado Campeonato do Mundo...

Depois de muita preparação, dedicação e esforço esta época, eis chegado o momento de pôr à prova todo o tempo despendido a treinar.

Um destino como o Hawaii era motivo suficiente para querer enfrentar o desafio, mas mesmo com todo o treino feito estava receosa sobre o que iria encontrar, sobretudo em termos de clima. Mas a verdade é que chegámos com uma semana de antecedência, para nos ambientarmos, descansarmos e entrarmos na rotina do novo fuso horário - sim, são 10h de diferença!

A semana antes supunha algum descanso e as tão aguardadas férias, mas não podíamos deixar a forma totalmente de lado... tinha de continuar a haver algum treino... como não podia deixar de ser, e porque fomos 2 semanas, levámos a nossa Piruças connosco, pelo que tínhamos de treinar à vez, mas assegurámos que tínhamos uma babysitter de confiança para ficar com ela durante a prova, não deixando isto de nos causar algum nervoso miudinho, porque no Hawaii não falam português, certo? ;-)

Mas é da prova que quero…