domingo, 23 de novembro de 2008

Mais um capítulo em Sintra...

Este capítulo inicia-se como sempre na Panisol, por volta das 8h30, depois deixamos o carro no largo do chafariz na Malveira! Somos eu, o Jorge, o Miguel, o João, o Sérgio e o Amaral. Ainda se juntaram mais 2 que chegaram quando iamos arrancar, conhecidos do Jorge, mas como nunca cheguei à frente, nunca cheguei a falar com eles :-P

Como já seria de esperar, com um grupo quase exclusivamente masculino, desatou tudo numa correria no início, e eu que gosto de inícios suaves, lá tentei acompanhar “de longe” o passo deles e fui andando, claro que com 3,5kms de percurso me sentia exausta, mas porque tinha estado a puxar sem aquecer…. Mas lá fui aquecendo, subindo devagar até à Pedra Amarela! Entrei entretanto em velocidade cruzeiro, baixinha, porque era quase sempre a subir, mas confortável qb para não me queimar toda e poder manter-me sempre a pedalar; pois como eu já o sabia, numa volta com o Jorge, subir é sempre a nota dominante…

Não posso deixar de referir que a visibilidade estava excelente, e a vista de cortar a respiração, sobretudo na parte que sobe da Pedra Amarela para a Peninha, ao longe avistava-se a Arrábida envolta em nuvens, que maravilha de cenário, é por estes momentos que pedalo!!! Que pena não ter levado a máquina fotográfica…

A descida da Peninha estava muito seca e perigosa, as pedras afiadas estavam todas ansiosas pelo contacto humano, e como me sentia um bocadinho a derrapar, decidi não arriscar e desmontar naquele pedaço!

Passado um pouco, separei-me do restante grupo, eles iam fazer a subida interminável dentro do Monge e fui por um caminho mais soft, lá passei pelo sítio de piqueniques, e fui dar à estrada que vai dar acesso à Peninha, subi ao início dos trilhos de downhill e entrei novamente nos trilhos que dão acesso ao Monge. Depois de fazer um ponto de situação com eles para saber onde nos encontraríamos novamente, lá nos encontrámos e descemos o Monge até aos Capuchos e daí fomos direitos à descida do Miradouro que vai dar à antiga fábrica da água, subimos e duas opções para o Rabinho de Porco: a fácil e a difícil. Eu e o Amaral atacámos a fácil e o resto da maltinha foi para a difícil…

Voltámo-nos a encontrar no cruzamento dos Capuchos, despedimo-nos do Sérgio e do Amaral que seguiram para o carro e eu decidi ir com os restantes descer até à barragem do Rio da Mula e subir até ao portão já a caminho da Malveira, isto porque, mesmo cansadita, só tinha 23kms nas pernas e achei prematuro desistir logo ali, embora soubesse que os ia atrasar um bocadinho, mas tinha de o fazer!!!

Depois de fazermos alguns trilhos, passarmos nos 4 caminhos, lá apanhámos a descida dos jipes, foi descer, descer, descer, soube bem, mas no final já estava cansada de tanta descida… :) Depois fizemos uns trilhos que não conhecia, muito giros, que ligam aquela zona à barragem da mula, uma vista dos montes para cima fantástica (apesar de saber que tinha de voltar lá para cima). Lá chegamos à barragem e apanhamos o estradão que liga ao caminho do costume, o Miguel despediu-se e foi andando, eu vinha concentrada nas minhas pedaladas, na minha respiração, não querendo deixar de subir tudo o que tinha direito… :)

Lá cumprimos o restante trajecto do costume até ao carro, cheguei cansada mas de barriguinha cheia… vale realmente a pena acordar às 7h da manhã a um domingo por uma manhã destas!

Quando é que chega o próximo fim-de-semana???? :D

sábado, 8 de novembro de 2008

Maratona Festival Bike

Pois é, hoje era dia de rumar a Santarém... embora um pouquinho nervosa por estar sem kms nas pernas há já algum tempo, não me pude negar ao desafio Pink Power lançado pela ciclovias.com/somafre!

As Pink Pedalantes (falta a Rute Moreno que não pedalou) - imagem montada pela Verita!


Ia fazer os 40kms propostos ao meu ritmo, com calma, mesmo quando o gráfico de altimetria me dava arrepios na espinha.... até parecia que não iam haver zonas rolantes, mas afinal até houve! ;-)


Os 860m de acumulado faziam prever que não iria ser pêra doce


Encontrámo-nos já dentro do CNEMA, antes de entrar no Controlo 0, já quando quase toda a gente estava a postos... Ficámos no finzinho para nos resguardarmos da confusão do início e podermos ir na calma!

Deu ainda para tirarmos uma fotozita antes da partida e tudo ;-)



Deu-se a partida, creio que sem grandes atrasos, mas dada a nossa posição previlegiada, só passámos a zona da partida 6 minutos depois dos primeiros terem arrancado... acho que pelos metros a mais que fizemos deviamos merecer um benefício qualquer!!! :-)

Apesar da primeira subida (para o Hotel Santarém) ser em alcatrão, a verdade é que a inclinação não era assim tão meiga, e já deu para abrir o pulmãozito e obrigou uns quantos a desmontarem logo por ali...

Uma bela descida para ganhar balanço e ainda uns kms em alcatrão até finalmente entrarmos nos trilhos.

A partir daí iamos evoluindo no terreno sem grandes pressas, ora pára para encher um pneu, ora pára para encher outro, ora o telemóvel toca, ora.... what ever!

Até ao primeiro abastecimento iamos ter uma subidinha de terra porreira e depois uma subida em alcatrão mas com uma paisagem que valia a pena!

No cimo o primeiro abastecimento, sublime... mesmo para quem ia no fim, não faltava nada!


Tirámos a foto da praxe, ou melhor, um colega bttista que nos foi acompanhando no percurso tirou-nos a foto à maneira (obrigada, João!) :-)

Daí entrávamos numa descida onde infelizmente um colega dos PapaTrilhos teve uma queda infeliz, mas quando passámos já tinha sido assistido por uma âmbulância!

A próxima paragem foi num cafézinho simpático perto do km 20, com direito a um cafézinho gentilmente oferecido por um senhor muito simpático que também fazia as suas deslocações diárias de bicicleta... Foi-nos dito nessa altura que os primeiros já tinham passado há mais de hora e meia... como somos simpáticas, a dar avanço aos campeões ;-) Nessa altura a Corina fez-nos um ultimatum: ameaçou-nos que desistia se nós não nos pusessemos a caminho sem ela! Foi uma decisão bastante complicada porque tinhamos combinado que nenhuma Pink ficava para trás... mas também não queriamos que ela ficasse por ali!

Partimos juntas, mas fomos ganhando distância pelo caminho... agora só 3, foi nas subidas que eu comecei a sentir a falta de treino, enquanto a Cristina e a Lídia iam subindo montadas tudo o que lhes aparecia à frente, eu lá tive de desmontar montando-me de novo assim que o terreno o permitia, já que ainda me custava mais (sobretudo aos meus gémeos) ter de caminhar do que pedalar...

Elas pacientemente me esperavam no cimo e seguiamos viagem! As descidas embalavam e sabiam mesmo bem :-)

A surpresa estava quando já com 41km e pensando que estava para breve o final da mini-maratona aparecia uma placa a dizer-nos que faltavam 5kms... que desmoralização! Para mim claro, que elas estavam fresquinhas que nem uma alface, mas para mim, cada subida que avistava era um suplício tal era o cansaço! Mas a minha persistência lá me levou até ao final e elas foram umas queridas e passámos a meta juntas!!!

No final, e após uma águinha retemperadora, ainda nos "raptaram" para uma entrevista para a SportTV2, supostamente a passar no dia 19! Vamos ver o que vai sair dali... :-)

Valeu a pena, apesar do banho frio que tive de superar... porque, de resto, achei que a organização esteve muito bem a todos os níveis! E obrigada meninas pela excelente companhia!!!

A repetir!!!



Ficam as fotos que fui tirando pelo caminho:

terça-feira, 4 de novembro de 2008

A balda...

Pois, no último e segundo treino para Santarém tinha combinado um treino em Monsanto com a naani para domingo de manhã...

Como sábado o dia não tinha corrido nada bem em termos gástricos, domingo acordo toda feita para ir pedalar e senti ainda dores abdominais, pelo que acabei por ficar em casa a descansar, com muita pena minha.... perdi o regresso do Aurélio aos trilhos depois da lesão!

Para compensar a falta de treino e animar a malta para sábado, logo na segunda-feira recebo na caixa do correio a bela da jersey com que irei percorrer os trilhos da Maratona Festival Bike, a jersey cor-de-rosinha da ciclovias.com/somafre:


(agora só faltava um kit de pernas igual à das meninas da equipa oficial)


Hajam pernas no sábado... ;-)