domingo, 24 de junho de 2012

Corrida da Volkswagen

É sempre bom quando somos surpreendidos com algo relativamente diferente, foi o que se passou com esta corrida... a proposta era fazer uma corrida de 10km em que uma parte do percurso seria dentro da fábrica da AutoEuropa em Palmela. Bem vindos às corridas temáticas! :-)

Partia para esta corrida com um objectivo ambicioso, a Marginal à Noite tinha levantado as expectativas, dado o bom resultado obtido. Idealmente gostaria de baixar o meu tempo aos 10km abaixo dos 50', imperativo era mesmo bater o meu PR, que estava nos 53'01'' desde a Corrida da Linha/Destak em 2009.

Não fosse o facto de a minha filhota ter decidido acordar de 10 em 10' até às 3h da manhã, de ter o pescoço todo inquinado e da parva da aplicação Nike+ não ter "colaborado" e provavelmente até teria concretizado o objectivo ideal, mas mesmo assim, e apesar de tudo, considero que o resultado que consegui foi muito bom já que não fazia ideia do tempo que levava durante toda a corrida e assim, fui a um ritmo confortável qb dado o calor que se fazia sentir. Quiça se soubesse que ficaria tão perto de atingir o objectivo não tinha apertado um bocadinho mais comigo?

Mesmo assim terminei com um tempo total de 51'25'' e um tempo de chip de 50'45'', tempo obtido um simpático 524.º lugar à geral e um 12.º lugar no meu escalão. Great!

Mas era dia de bater PR cá em casa.... O CC também bateu o seu PR que trazia da Corrida do Sporting (41'22'') e fez um tempo total de 39'55'' e um tempo de chip de 39'43'' - 62.º lugar à geral e 30.º no escalão. Ah, e finalmente acabou à frente da primeira mulher! :-)

PARABÉNS A NÓS!!!



quarta-feira, 20 de junho de 2012

Chalktrail

Hoje descobri uma coisa giríssima, alguém teve a ideia de colocar um pau de giz colorido na traseira de uma bike e de com isto trazer animação ao alcatrão cinzento das cidades!

Acho que o chalktrail não só é giro para crianças, mas também para as crianças dentro de cada um de nós ;-)


visto em Trend Alert

sábado, 16 de junho de 2012

Marginal à Noite

Finalmente participei na Marginal à Noite, depois de o querer fazer há já alguns anos e de até ter estado inscrita no ano passado, só este ano é que desfrutei desta corrida.

No início, eu e o CC iamos só os dois, mas depois os planos alteraram-se e decidimos levar a nossa Piruças. A ideia era eu ir a correr e a empurrar o carrinho, enquanto o CC se auto-propunha em bater o seu record pessoal, mas os planos alteraram-se de novo e afinal o CC foi calmamente a caminhar e a empurrar o carrinho da Piruças e eu auto-propus-me em bater o meu record pessoal :)

Pequeno aquecimento feito e despedimo-nos, eu fui tentanto furar para ficar mais à frente e ter uma partida menos condicionada pelas "chicanes móveis" e o CC, por seu turno, ficou para trás para garantir que a Piruças não era abalroada por ninguém!

O ambiente pré-corrida!
Partida dada! Não tomou muito tempo até que conseguisse arrancar, no entanto, medi o meu tempo tendo em vista a passagem nos tapetes para ter uma percepção mais clara do que seria o tempo de chip, ou seja, o meu tempo real de prova.
O início da prova é feito em subida e o constante trava-ultrapassa-sprinta pode criar mossa, mas tentei manter uma respiração regular e não me deixar influenciar por ritmos alheios, controlando assim a minha própria velocidade entre o confortável e o "à morte"!

Aos poucos, a corrida tornou-se mais fluída e a noite mais cerrada. Os kms iam-se sucedendo, e fiquei surpreendida quando os primeiros passaram por mim e já eu via ao longe a inversão da corrida, junto à Estação da CP de Caxias, ao km 4.

Percebi que ia num bom ritmo quando na viragem vi que o tempo estava abaixo dos 20 minutos, bastaria conseguir manter o ritmo que o objectivo se iria concretizar. Continuo, gerindo o esforço, e tentando não ficar tonta por constantemente olhar para quem vinha no sentido contrário, - uma mania que sei que me perturba imenso, mas que não consigo evitar! - consegui ver passar algumas caras conhecidas e gritei ao CC que não deu pela minha passagem!

Não demorou até que se aproximasse o km final, praticamente todo a descer, o que dá ânimo para um BOOST final :-) Força nas pernas e toca a ganhar velocidade até à meta! Nem quis acreditar quando vi que o tempo ia ser abaixo dos 40 minutos, isso significava que a minha velocidade média tinha sido bem catita e que sem dúvida, iria bater record de velocidade média, uma vez que não tinha nenhuma outra prova com a mesma distância para superar.

Terminei assim a corrida com um tempo total de 0:39:31, um tempo de chip de 0:38:43, o que me levou à melhor classificação que tive numa corrida: 1066 à Geral (em 4617 - 23%), 94 em Femininos (em 1622 - 6%) e estou ainda a aguardar a classificação no escalão.


Toca a alongar, a hidratar e a comer a bananinha para repôr o potássio e acalmar a fome que começava a instalar-se. Agora era só esperar pelos meus amores e ver as caras de satisfação/sofrimento de quem terminava a sua corrida!

Lá vinham eles, calmamente....

Os meus amores a terminarem!
... parece que a Piruças decidiu fazer companhia ao pai até ao km7, sendo que só depois adormeceu exausta, não aproveitando assim a consagração de terminar mais uma corrida oficial :)

Venha a próxima!!!

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Primeira volta de "fininha" mais à séria

Hoje, eu e o CC fomos pedalar juntos - depois de eu o convencer que não lhe fazia mal fazer um treino mais calminho :P - e a Piruças foi ser estragada com mimos pelos avós e pela tia :-)

E como eu sou um bocado masoquista, a minha proposta foi «e se fossemos até Montachique?», e para o CC tudo bem! Lá descemos pela Ameixoeira para evitar a Cc do Carriche, metemo-nos para dentro por Olival Basto, passamos o IKEA, Loures e toca a subir até ao Cabeço de Montachique. Eu fiz a subida toda sozinha, ao meu ritmo, sem paragens, já que o CC tinha umas séries para fazer, por isso andou a subir e a descer, mas só se cruzou uma vez comigo, pelo que me parece que a minha subida não correu assim tão mal ;-)

Chegada ao cruzamento, páro! Subir até ao miradouro? Descer até ao Parque? Ir em frente? Ligo ao CC. Afinal ele vinha 2' atrás de mim. Optámos por descer pelo Parque, e que descida - já conhecia a subir de uma volta de BTT - mas a descer, em estrada, faz doer as mãos :-P

E desce, desce, desce... no final paramos, como a bananita, tiramos uma foto para recuerdo e a dúvida: Bucelas ou Malveira? O CC decidiu... Bucelas é para fraquinhos :-P Seguimos!

Voltamos para Lousa ao passar pela A8, toca a descer por ali abaixo... sempre a rolar! Em Ponte de Lousa ia levando com um carro que decidiu sair de uma rua estreita sem olhar, mas foi só o susto. Nota: A estrada na zona de Loures é péssima, mas mesmo péssima...

Chegamos novamente a Loures. Em vez de virar para o IKEA, seguimos pela Póvoa de Sto Adrião, Odivelas, Sr. Roubado e estávamos de novo na Cc do Carriche. Estava quase! Toca a subir pela lateral em direcção ao Lumiar e num pulinho estávamos de regresso a casa.

Foram 51,6km em 2h36m com 1124m acum. Foi uma bela pedalada de Santo António! :-)


domingo, 10 de junho de 2012

Triatlo do Ambiente

Hoje fui fazer o meu primeiro triatlo à séria...

Anteriormente já tinha feito dois triatlos, mas a natação tinha sido feita na piscina, o que não se equipara, em nada, a nadar em águas abertas, continuo a achar que nadar em piscina é muito mais fácil!

Até agora, tinha feito já uma série de duatlos, sobretudo de BTT, experimentando apenas este ano a vertente estrada, e quanto a nadar com fato em águas abertas, há três fins-de-semana seguidos que "experimento" e a coisa tem custado sempre, mas em prova a dificuldade exponencia-se, não apenas por causa do granel - braços, pernas e corpos por todo o lado - mas também porque ainda não me é fácil reconhecer o meu ritmo e não me deixar afectar pela adrenalina e nadar à bruta, logo no início, atrás de quem vai à minha frente, pagando mais tarde a factura de não conseguir controlar a respiração!

Desta vez, a partida foi feita da areia, sprint até à água e toca a nadar "à polo" para me orientar no meio da confusão. Até não me safei mal no início, mas claro está, em menos de nada estava já a respirar com dificuldade devido ao abuso no ritmo inicial. Até à primeira bóia a coisa foi bem ("deja vu"), mas lá chegada pensei que ficava logo ali - até procurei o barco salva-vidas - tanta era a confusão para passar a bóia, pensei para os meus botões "é desta que me afogo!", mas não, continuo vivinha da Silva, e lá continuei... A respiração continuava nas couves, e tive uma epifania quando olhei para o lado e vi alguém a nadar costas! Não é tarde nem é cedo, é já! Ajudou a recuperar um bocadinho e a avançar caminho, e como até corria bem, acabei por fazer parte do percurso assim, virando-me de vez em quando para verificar a rota e tentar voltar ao crawl, mas não conseguia... isto quer dizer que não fui propriamente das primeiras a sair da água, mas assim que pus os pés em terra, olhei para a água e ainda havia muita gente por lá a nadar. Menos mal!

Agora era tentar correr, tirar o fato ao mesmo tempo e tentar não cair para o lado porque saio sempre da água muita zonza! Subo o mais depressa que posso até ao PT, e pela primeira vez, engano-me no sítio onde tinha as coisas, ou seja, andei demasiado para a frente e quando me apercebi, tive de voltar um grande bocado para trás... mas adiante, toca a acabar de tirar o fato, calçar as ZOOT (sim, porque ainda não tenho pedais de encaixe nesta bike), colocar o capacete e os óculos de sol, e toca a correr PT fora com a bike a fazer gincana entre o pessoal que estava a pastelar!

Ah que bom! Já estava na bike! Na bike sim, sinto-me bem! Aproveito o início para beber água e tirar o gosto salgado da boca. E toca a apertar! Consegui meter uma cadência porreirinha que me ajudou a passar muita gente e a recuperar parte do tempo perdido na água... isto da estrada até não é assim tão mau ;)

Chego novamente ao PT, coloco rapidamente a bike no suporte, tiro o capacete e sigo, o mais rápido que as minhas pernas ainda bambas permitem! À saída, agarro numa garrafa de água que havia depois de atirar ao CC que a agarra só com uma mão com uma granda pinta :) Aos poucos as pernas foram descolando, e apesar de ter sido ultrapassada por algumas pessoas, consegui eu também passar bastantes. Após a subida, alarguei a passada e ao chegar à recta da meta, meti "uma abaixo" e lá me "amandei" para o sprint final passando mais umas pessoas.... 47m17s :) YEAH!!!

Consegui superar o objectivo que levava (51m30s) e obter uma classificação simpática: 140º à Geral (em 222), 23º nas atletas Femininas (em 47) e 9º nas atletas SEN (em 23).

Mas melhor que tudo isto, foi ter o meu CC e a minha Piruças à minha espera na meta e a apoiarem-me durante toda a prova! <3

Depois ficámos os 3 a ver a prova do CN Clubes (e a tirar fotos):

sábado, 2 de junho de 2012

Aquatlo de Peniche

Este sábado fomos até Peniche para participarmos em duas provas, eu no Aquatlo e o CC no Triatlo de Peniche.

O PT era no mesmo lugar onde se deu, no ano passado, a partida para a Corrida das Fogueiras, mas hoje a proposta não era só correr, primeiro teria de nadar... e era a minha primeira prova que envolvia natação em águas abertas (e nervos adicionais)!

Chegámos com alguma antecedência, mas apesar da fila no secretariado não ser muito grande, a capacidade de resposta estava a níveis mínimos, só quando se aproximava a hora da partida para o aquatlo é que houve o cuidado de tentarem despachar o pessoal que lá estava só a tentar levantar o dorsal... coisa de 5 segundos... para mais de 20 minutos na fila e com chuva em cima (e mais nervos adicionais)!

Claro que fui a correr para o PT, colocar as sapatilhas e deixar as coisas, saí de lá um bocado à pressa a ver se ainda conseguia ter tempo de vestir o fato de neoprene para fazer face à água com uma temperatura de 17º.

Lá vesti o fato e meti-me na água... afinal a partida não era na bordinha, ainda tive de fazer uns bons metros para chegar à linha de partida, estava a ver que chegava atrasada, mas não, ainda tive lá uns minutinhos a flutuar (a sorte é que o fato ajuda) à espera que toda a gente tivesse certinha na linha (nunca estão) para ser dada a partida, presumivelmente às 15h.

Partida dada, toca a começar a nadar no meio da confusão de braços e pés e corpos, mas lá me oriento e sigo, óbvio que apesar de sentir que ia acima do meu ritmo, via os "miúdos" a distanciarem-se cada vez mais... mas a primeira bóia ficava cada vez mais perto e eu tinha os pés de alguém mesmo à minha frente, mas não por muito tempo... passamos a bóia e o gás começa a rarear, o rapaz que ia à minha frente estava cada vez mais longe e eu tento continuar, lá olhava para me orientar, lá fazia uma pausazita para me recompôr, lá bebia uns pirolitos de água salgada, mas lá fui cumprindo os parcos 300m do percurso que a mim me pareceram 1000m!

Começo a chegar perto do corredor de saída da água a tentar não parar muitas vezes para a assistência não se rir demasiado :), lá chego à escada, começo a subir e a tentar correr, assim meio zonza ainda. Lá em cima começo a tentar abrir o fato para despir a parte de cima antes de chegar ao PT, lembrando-me sempre das dicas que o CC me tinha dado na semana passada no treino na praia da Torre.

Chego ao meu cesto no PT, continuo a tirar o fato pisando-o com força tentando equilibrar-me para não cair porque a zonzeira continuava. Meto os óculos, calço os ZOOT e faço-me aos 2000m de corrida com garra! O CC gritava por mim!

O percurso da corrida percorria as ruas antigas de Peniche num carrossel, ora sobe ora desce, mas nada acentuado, o que tornou engraçado o percurso. A meio tive uma espécie de dor de burro, mas consegui aguentar sem quebrar, vi que uma atleta se aproximava de mim e tentei gerir o esforço para manter a vantagem. Cheguei à recta final e consegui arranjar forças para impôr um ritmo mais forte para que não fosse ultrapassada mesmo na chegada. Cumpri o meu primeiro aquatlo em 18m59s!


Não foi mau, não sei precisar os tempos parciais porque nunca são divulgados para as provas de super sprint e eu não levava relógio para medir, mas apesar na natação ter sido fraquinha, acho que a corrida não foi má de todo!

A verdade verdadinha é que também voltei a nadar há menos de 2 meses, depois de mais de um ano parada, e depois de muitos anos sem aulas, pelo que acho que mesmo assim, tenho evoluído bem!

No próximo domingo há triatlo em Oeiras, isso é que vai ser bonito :)

O CC terminou o triatlo dele em 1h17m, tendo feito um bom segmento de natação e corrida e um pior segmento de ciclismo, mas a verdade é que acho que foi um bom tempo!