domingo, 31 de julho de 2011

Pedaladas de fim de tarde...

Para descontrair da sornice de um dia inteiro, nada como uma pedalada suave na Quinta das Conchas...

Rolar suave no percurso em que habitualmente costumava correr, com o ventinho de fim de tarde a bater na cara.

O CC também por lá andava, mas a fazer sprints e subidas na zona da mata, eu só apreciava o final da tarde e as pedaladas ainda com jersey e calções, mas parece-me que tenho de pedir emprestada lá em casa uma farda mais larguinha!

domingo, 24 de julho de 2011

Mais um triatlo... desta vez em Abrantes

Lá fomos nós para um novo triatlo!

Eu, mais uma vez para fotografar e dar apoio, e o CC para experimentar o que era fazer um triatlo Sprint!

Chegámos cedo com tempo para colocar tudo no parque de transição, ver quem estava e quem não estava, fazer umas fotos, beber um café... toca a vestir o fato e ir para a partida do 1.º segmento e molhar os pézinhos no Tejo ainda pouco largo de Abrantes!

Fervilhava de vida aquela margem do Tejo, com os atletas a preparem-se para mais um triatlo, desta vez com uma participação especial para além da do CC :), a Vanessa Fernandes apareceu após cerca de 1 ano de ausência das competições e veio aumentar a competição.

Tiro de partida, inicia-se a prova, tudo na água a grande velocidade, só toucas e braços visíveis, parecem uns aranhiços... e eu, toca a correr para a meta, para registar as primeiras saídas da água. Fotos tiradas e toca a correr para a zona de transição e depois um longo caminho até à rotunda onde as 3 voltas de ciclismo iriam passar!

Brutal a velocidade com que passam os atletas mais competitivos, quase que aflige, parece que o percurso exigente de Abrantes não lhes faz mossa... e lá vem o CC, a tentar ultrapassar o facto de ser um dos únicos a fazer a prova de estrada numa bike de BTT, mas nunca desiste, nem eu, só saio da rotunda quando ele inicia a descida de volta ao parque de transição.

Inicia a corrida, para algumas voltas ao longo do rio numa zona belíssima, sempre com muito público a assistir e a puxar pelos atletas. Eu, sempre que pude, incentivei sobretudo os atletas a quem notava que a prova estava a custar mais um bocadinho, mas nem por isso pensavam em desistir... a meta estava próxima!

E aí vem ele, o meu CC, junto de outro atleta com o qual passou quase todo o segmento de corrida, mas assim que vê a meta próximo, mete uma abaixo e sprinta para a meta, deixando o seu "adversário" colado ao chão :)

E está feito, o primeiro triatlo Sprint... o que virá a seguir?

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Música em 2 rodas

Este fds não houve nem pedaladas nem corridas, mas houve música e passeios de mota... ah, e também houve praia... ou será melhor dizer vergastadas de areia por causa do vento?

domingo, 10 de julho de 2011

Ciclovia de S. Pedro de Moel

Fim-de-semana agitado este :)

No sábado, ida para o Fárrio para a festa dos 81 anos do meu avô, com direito a ir melhor os pés ao Agroal para ver a obra feita e reconhecer que ficou bem catita! Daí um pulinho rápido a Tomar, ou melhor, ao Convento de Cristo e ver de lá de cima a cidade decorada para a Festa dos Tabuleiros, ainda deu tempo para ir mirar do alto do Aqueduto de Pegões... e vamos embora que tá na hora do lanche ;)

Domingo, não nos deixaram dormir, mas mesmo assim, o almoço em Leiria teve de ficar para meio da tarde... o treino era obrigatório e a ciclovia de São Pedro de Moel a caminho de Vieira de Leiria foi o lugar escolhido!

Mais uma vez, eu acompanhei a corrida do CC... invertemos a marcha no parque de merendas do Samouco, onde as minhas rodas cheiraram um bocadinho de terra para matar saudades! No total foram 19kms e uns piquinhos, foi um bom treino, mas não nos livrámos de bronze à trolha :P


Ainda demos uma espreitadela na praia de São Pedro onde estava a haver um campeonato de bodyboard, mas vamos lá depressa que o almoço espera por nós!

segunda-feira, 4 de julho de 2011

A correr e a pedalar...

... mas cada um escolheu o seu "método"!

O objectivo era só um, o CC fazer um treino longo de corrida, e eu iria acompanhar pedalando suavemente para o acompanhar, e iriamos percorrer as ciclovias que de casa nos levavam a Monsanto e depois a Campolide, Avenidas Novas, Entrecampos e de novo a casa.

Como acompanhar de bike alguém que corre é tarefa normalmente simples, não deu nem para suar (apesar de estar fresquinho), mas sempre me fui mexer um bocadinho para não enferrujar :)