Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2008

Voltinha digestiva....

Depois de Fátima, hoje precisava de fazer uma voltinha para digerir o que tinha feito nos últimos dois dias...

Primeiro tinha pensado fazer o treino da praxe, eram 31km, bem rolantes, mas depois de ver o post do Miguel no fórum dos Maníacos com o repto de uma voltinha até ao Jamor, decidi alinhar!!!

8h35, era a hora combinada, junto à marina da Expo, juntámo-nos eu, o Bytes, a Tânia, o Miguel e o Hélder, a surpresa do dia foi a Carla e o Jaime...

Começamos a pedalar, sempre numa cadência porreira, o vento acompanhou-nos sempre, tanto para lá como para cá...

Chegando a Algés, o Jaime e a Carla ficaram-se por ali e nós fomos dar um giro até ao Jamor e voltámos, só para sentir um bocadinho de terra nos pneus!

De volta, fizemos a volta mais perto do rio, fizemos dois "amigos" pelo caminho, que nos acompanharam durante bastante tempo... O Hélder fugiu mais depressa de Algés para ter tempo de ir descer as escadinhas do Museu de Arte Antiga, mesmo quando nós iamos a passar, muito c…

Sacavém-Fátima

Ora esta foi a primeira grande aventura do ano..... Dois dias intensos de pedal... O primeiro pela distância, o segundo pela dureza!!! Mas o que interessa é que, como dizia o outro, "Prova superada!!!"

Saímos na sexta-feira de Sacavém, já depois das 7h da manhã, a hora combinada, directos aos Trilhos de Fátima, iamos "pescando" pessoal pelo caminho... Os primeiros foi logo em Alpriate ao sairmos dos Trilhos do Trancão, logo aí conseguimos enfiar-nos num trilho em Vialonga com água e lama que deu logo para molhar o pézinho e me irritar logo de manhã (eu roguei pragas ao Kitos, mas juro que nenhuma delas pressupunha quedas!!!)…

Mas ok, seguimos pelo trilho junto ao rio desde Santa Iria até Alverca, onde seria a próxima “estação”, mais uns viajantes e um acompanhante até Vila Franca de Xira, o Dino, que aparece assim de repente, nunca se sabe bem de onde ;-)

Em Vila Franca de Xira, junto à Praça de Touros, mais uma paragem primeiro abastecimento – um cubinho de marmel…

IV PedalaDelas no Cabo Espichel... abençoado!

O Cabo Espichel parece estar enguiçado... cada vez que organizamos lá alguma coisa, chove! Mas desta vez não nos deixámos demover...

Desta vez eramos 10 guerreiras a pedalar e mais uma porrada de "guarda-costas" ;-) Começámos um bocadinho depois da hora, mas começámos bem, saímos do alcatrão e entrámos no trilho logo com uma descida com o seu quê técnico (lembro-me que a primeira vez que fiz este percurso fiz esta descida à mão), depois apanhámos algumas poças de água bem grandinhas, onde consegui molhar logo o pézinho...

Mas continuámos no estradão que nos iria levantar junto à praia, fizemos a descida (Tininha, lembrei-me de ti nesta altura... vá se lá saber porquê?!?) e logo a subida (desta vez foi tão fácil de fazer...), continuamos em estradão até antes da próxima subida onde entrariamos num track no meio dos pinheiros onde pouco mais à frente iria desabar uma carga de granizo, mas um abrigo mesmo ao lado do trilho serviu para proteger a maioria de nós (ok, eu como an…

Maratona de Spinning

A minha primeira maratona de spinning... não sabia bem o que esperar, além de 3h a pedalar dentro de uma sala repleta de gente!

Não foi complicado, algumas partes foram mais puxaditas, sobretudo o final da primeira parte (1h20, mais coisa menos coisa). Nessa altura, já estava encharcada, e ainda faltava mais de metade....

Na segunda parte, consegui gerir muito melhor o esforço e acabar bem!

A parte mais caricata foi o final dos alongamentos, decidi fechar os olhos enquanto alongava o pescoço, mas fiquei tonta, tive uma quebra de tensão e quase me estatelei no chão... se queria dar nas vistas, podia ter feito de outra forma... :-S

Mas o resumo foi positivo, valeu a pena!!!

IV PedalaDelas no Cabo Espichel

3.º Passeio ISCPSI

A fama de que este passeio tinha uma excelente organização e que era um óptimo passeio para se fazer ficou um bocadinho abalada este ano antes mesmo de este ter acontecido...

O site que supostamente serviria de suporte ao passeio, onde se processariam as inscrições e tudo o mais, estava muito pouco intuitivo e logo isso provocou uma enorme confusão com as inscrições!!!

Mas tudo confirmado, lá fomos ontem levantar os dorsais e pagar o passeio, rápido! Só se esqueceram de referir que estava dentro do saco uma fitinha que era necessária para receber o abastecimento... :-P mas acabámos por não ficar apeados...

O ponto de encontro com o pessoal era às 7h45 em Santa Apolónia, mas acabei por chegar atrasada porque descobri q estava furada após 2 pedaladas! (vestígios de ontem, suponho)

Depois dos bons dias, foi rolar até ao Calvário... Aí ficariamos um bom bocado na converseta até à partida que seria por volta das 9h30!!! Esta partida foi abençoada com uma chuvinha "molha tolos" un…

Em Sintra, mas ao contrário...

Pois é, como já não ia há muito tempo a Sintra (só dd domingo passado...), lá fiz hoje o gosto às perninhas de ir pedalar no meu quintal preferido!

Apesar das chuvas que assolaram o país, Sintra estava em excelentes condições, não fosse uma árvore a cortar um caminho que tivemos de passar por cima com a bike às costas (2x), quase nem dávamos conta que tinha sido uma semana de chuvas...

O plano de festas para hoje era fazermos mais de 35km, mas mantermo-nos na parte oeste da serra... Claro que as mentes organizativas (família Cunha), não explicaram muito bem logo no início o que isso significava... Então éramos 7: Jorge e Miguel, João, Moi Même, V, Carla e Jaime, prontos para o desafio!!!

Para começar, em três dos 14 pneus que rolaram, existiram problemas com o pipo, que resultaram em pneus vazados... mas tudo se resolveu...

Começámos pelo caminho habitual, até que na subida que habitualmente nos leva aos Capuchos virámos à esquerda e foi sempre a subir até à Pedra Amarela, daí até à z…

Em Sintra eramos mais c'as mães....

Estou frustrada... Tinha acabado de escrever um post imenso sobre a volta em Sintra, de repente o internet explorer pifou e perdi tudo...

Conclusão: Agora vou poupar nas palavras!!!!

1) Muita gente
2) A maioria dos Rodas fizeram o seu próprio passeio, mas a Lídia ficou connosco

3) Os Mondrakers tiveram connosco até ao fim...
4) Single-tracks (já os conhecia a todos, mas ultrapassei alguns (não todos) obstáculos em que costumo desmontar - será dos encaixes??? - e ia fazendo um OTB - fiquei-me pela "burra")
5) Subida até à Peninha com a foto da praxe
6) Descida com furo do Espresidênte (1 furo e 2 quedas - é isso?)
7) Single das Pontes (trilho lindíssimo, fantástico passeio pedestre que eu fiz, parabéns à brava e destemida Andreia que o fez todo montada na bike)
8) Despedida "xoxa"



Aqui ficam os dados-resumo:
Km percorridos: 28,47km
Tempo: 2:51:04
Média: 9,98

Nota - Estava cansadita, arrastei-me um bocadito, mas vale sempre a pena!!!

Almornos...supostamente uma volta levezinha!

Começo a suspeitar que deixar o Jaime dar largas à sua imaginação aquando da escolha dos percursos vai sempre dar para o torto... não que as voltas sejam más, mas são sempre "upa, upa puxadotas"!

Ponto de encontro em território da família Beato, toca logo a subir para arrumar a coisa... uns bons quilómetros em alcatrão e ficamos prontos para o que há-de vir... passámos Montemor, Caneças, e finalmente chegamos a Almornos onde o pó nos finalmente ia cobrir!!!

Principio calmo qb, ainda deu para passar uma linha do combóio com a bike às costas!
Passámos numa zona com umas formações rochosas muito peculiares (o primeiro momento fotográfico do dia powered by Jaime), em zonas de entulho das sobras de mármore que além de ser horrível de andar sobre estas, torna a zona muito pouco atractiva... trilhos de pedra solta (em que me sinto muito pouco à vontade, sobretudo a descer)... também tivemos furos teimosos, ou melhor, o dono do "furo" é que era teimoso e só à terceira deci…